Operação Finados

Estradas federais ficam movimentadas durante o feriadão do dia de Finados

A PRF deflagrou a Operação Finados e, pelo menos, seis pessoas morreram em acidentes de trânsito nas estradas durante o período do feriado prolongado

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h18
(estrada br)

SÃO LUÍS- O fluxo de veículos nas rodovias federais, que cortam o estado, começou a ficar intenso no começo da tarde de segunda-feira, 2. Os agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) estavam desde o último dia 30 deflagrando a Operação Finados 2020 com o objetivo de evitar acidentes de trânsito nas estradas. Mas, até o período da tarde, seis pessoas tinham perdido a vida durante acidentes ocorridos nessas vias durante o feriado prolongado.

A PRF informou que o fluxo de veículo aumentou devido haver alguns cemitérios, localizados ao longo das estradas federais, como também a volta das pessoas a São Luís. Mas, os agentes estão em vários pontos das rodovias federais fiscalizando o trânsito, principalmente, no tocante a embriaguez ao volante, ultrapassagens proibidas, o transporte de crianças e o trânsito de motocicletas.

Ainda segundo a PRF, no decorrer desses últimos dias, houve restrição de tráfego para veículos de carga com dimensões e pesos excedentes. Na sexta-feira, 30, esse tipo de veículo ficou proibido de transitar em trechos de pista simples das 16h às 22h; como ainda no sábado, 31, das 6 horas às 12 horas e na tarde de segunda-feira, 2, das 16 h às 22h.

Mortes
A PRF informou que acidentes de trânsito tinham resultado em seis mortes no Maranhão durante esse feriado prolongado. Um dos casos foi registrado no domingo, 1º, no KM 240 da BR-316, zona rural de Bacabal, e teve como vítima Leandro Cavalcante Carvalho, de 37 anos.

Segundo a polícia, a vítima estava conduzindo um caminhão, que estava carregado de peixe, e acabou capotando na via. O acidente pode ter sido provocado devido o desgaste do pneu traseiro direito do caminhão e chegou a estourar no meio da via, mas, o caso vai ser investigado pela Polícia Civil.

Também no domingo ocorreu um acidente no KM 533 da BR-226, em Porto Franco, que resultou na morte de Raimunda Marques de Sousa, de 86 anos. O veículo em que estava a vítima apresentou defeitos, saiu da pista e colidiu em uma árvore.

Os outros acidentes ocorreram no sábado, 31. Um deles foi no KM 505 da BR-135, em Paraibano e veio a falecer Manoel Messias Nascimento, de 47 anos. A polícia informou que um caminhão invadiu a faixa contrária ao fazer uma ultrapassagem em uma curva e colidiu de forma frontal com o veículo Agile branco, que estava sendo conduzido pela vítima. Após o acidente, o motorista do caminhão fugiu do local.

No KM 86 da BR-316, em Presidente Médici, segundo a PRF, houve uma colisão frontal entre um veículo Audi A3 prata e uma motocicleta Honda 150 Bros vermelha e resultou na morte de Wallef Lima de Sousa, de 25 anos; Janário da Silva Menezes, de 18 anos; e Raimundo Nonato da Conceição Lima, de 20 anos. A PRF informou que o carro, conduzido por Wallef Lima, teria realizado uma ultrapassagem e acabou colidindo com a Honda/Bros vermelha, que vinha no sentindo contrário. Devido o choque intenso, todos envolvidos no acidente foram a óbito ainda no local.

Lei Seca

A equipe do Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA), com o apoio do Batalhão Rodoviário de Trânsito da Polícia Militar, também realizou durante esse feriado prolongado ações da Operação Lei Seca com o objetivo de evitar casos de acidente de trânsito, principalmente, cometidos por condutores sob efeito de bebida alcoólica na Grande Ilha.

O Detran-Ma ainda informou que uma das ações da Lei Seca, realizadas mês passado, resultaram em 386 abordagens e 352 testes do etilômetro. Foram registradas 34 infrações por recusa ao teste e seis condutores foram autuados por dirigir sob o efeito de álcool.

A diretora Geral do Detran-MA, Larissa Abdalla Britto, declarou que o trabalho educativo realizado pelo órgão é feito durante todo o ano, sendo intensificado principalmente durante feriados e festividades. “Sensibilizar as pessoas sobre a importância de realizar práticas seguras ao volante, com adoção de ações preventivas para a contribuição da diminuição dos altos índices de violência no trânsito, é o propósito do Detran-MA”, frisou.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.