Aniversário de São Luís

São Luís festejada com shows populares em logradouros

Aniversário de 408 anos da cidade foi marcado por apresentações de artistas maranhenses em espaços de lazer, como o parque do Bom Menino e Praça Dom Pedro II, para evitar aglomerações

Evandro Júnior / O Estado

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h18
Fernando de Carvalho cantou em frente a Catedral Metropolitana de São Luís, na manhã de ontem
Fernando de Carvalho cantou em frente a Catedral Metropolitana de São Luís, na manhã de ontem (show na praça)

São Luís - Uma celebração atípica e bem diferente dos anos anteriores. A programação em homenagem ao aniversário de 408 anos de São Luís foi bem mais discreta e marcada por apresentações pontuais de artistas da terra em algumas praças. As apresentações tiveram início por volta das 9h e a programação aconteceu também à tarde e à noite. Devido à pandemia do novo coronavírus, shows maiores foram vetados pela Prefeitura, que preferiu manifestações mais discretas para que a data não passasse em branco.

Na Praça da Mãe d’Água, em frente à Catedral Metropolitana de São Luís, quem deu o tom foi o cantor Fernando de Carvalho, durante duas horas ininterruptas do “Show Felicidade”. Fernando entoou canções de compositores maranhenses e nordestinos, com destaque para João do Vale, Zeca Baleiro e Luiz Gonzaga.

“Foi uma honra para mim receber esse convite da Prefeitura de São Luís e me apresentar nesta linda praça, que é um dos pontos turísticos mais belos de São Luís. Todos os anos eu estou na programação do aniversário da minha cidade e isso para mim é um presente. Afinal, tudo que sou devo a São Luís, minha terra”, disse Fernando de Carvalho, que se apresentou com os músicos Luiz Júnior Maranhão, ao violão, e Dark Brandão, na percussão.

No Parque do Bom Menino também houve apresentações musicais e a programação foi comandada pelos cantores Wilson Aranha e Roberto Ricci. Aranha, por exemplo, fez um passeio pela musicalidade nordestina. Apesar de poucas pessoas na plateia, quem estava lá contou que a apresentação alegrou o dia.

“Afinal, hoje é aniversário da nossa cidade e apesar da pandemia, acho que vale a pena comemorar, ainda que de forma mais contida, para não estimular as aglomerações”, disse o universitário Victor Cavalcante.

A programação da Prefeitura de São Luís foi pensada exatamente para estimular a celebração sem aglomerações.

Foi por isso que os pontos de apresentações artísticas foram centralizados nas praças, locais onde as pessoas costumam caminhar, correr ou praticar esportes.

Na Praça da Bíblica, o show do Ministério Vida em Comunhão começou depois às 18h30. Antes, às 18h, foi inaugurada a Praça do Vinhais, ao lado da Praça do Letrado, com show de Gabriela Marques Jazz e de Augusto Pellegrini Jazz Quarteto.

Na Praça da Cohab Anil quem comandou as homenagens foi o cantor Tutuca Viana que, entre outras, apresentou canções do álbum “Avessa Manhã”. O cantor Mano Borges, conhecido por músicas como “Bangladesh”, “Você é Tudo”, “Fácil de Entender” e “Dandara”, por sua vez, animou o público na Praça do Rio Anil.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.