Cidades | Sustentabilidade

Município de Pinheiro recebe árvore de energia solar para carregar eletrônicos

A árvore fotovoltaica está localizada na Praça da Família
21/08/2020 às 15h39
 Município de Pinheiro recebe árvore de energia solar para carregar eletrônicosÁrvore fotovoltaica instalada em meio à Praça da Família pode carregar eletrônicos (Divulgação)

São Luís - A cidade de Pinheiro foi presenteada recentemente com tecnologia de ponta. Uma árvore fotovoltaica foi instalada em meio à Praça da Família. A novidade é uma iniciativa da Equatorial Maranhão, em parceria com a empresa Sunew e a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), e faz parte do Programa de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D), que tem o objetivo de promover o desenvolvimento técnico e científico do setor elétrico através de projetos de inovação e sustentabilidade.

O mobiliário urbano é feito de aço inox, base de madeira e possui o formato de árvore, combinando sustentabilidade, inovação e design com tecnologia que transforma a luz do sol em energia elétrica. Os visitantes da Praça da Família podem utilizar as saídas USB que permitem a recarga de telefones celulares, tablets e outros dispositivos eletrônicos. Cada folha da árvore é um painel fotovoltaico que capta a energia solar, por meio de filmes fotovoltaicos orgânicos (OPV).

Esta é a segunda árvore fotovoltaica disponibilizada pela Equatorial Maranhão, a primeira foi lançada em 2019 e está localizada no Parque do Rangedor, em São Luís. Para o Engenheiro de Pesquisa e Desenvolvimento da Equatorial Maranhão, Lucas Pinheiro, “ a OPTree busca despertar o interesse das pessoas no tema de energias renováveis através de uma vivência prática, uma vez que a comunidade pode carregar celulares e tablets com a energia proveniente da luz do sol, que é captada pelas folhas que utilizam a tecnologia OPV. A OPTree é autônoma energeticamente e armazena a energia do sol também para o uso durante a noite”, destacou Lucas Pinheiro.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte