Trafegabilidade

Fluxo de veículos aumenta mesmo com a pandemia

Engarrafamentos e motoristas cometendo infrações fazem parte do cenário nas vias da capital, principalmente, no horário de pico e sem a presença de agentes da SMTT

Ismael Araújo / O Estado

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h19
Na Avenida Jerônimo de Albuquerque, o trânsito ficou parado do Angelim ao Bequimão, de manhã
Na Avenida Jerônimo de Albuquerque, o trânsito ficou parado do Angelim ao Bequimão, de manhã (trânsito)

São Luís - Em meio a pandemia da Covid-19, em que a palavra de ordem ainda é o isolamento social, o fluxo de veículos em São Luís só vem aumentando a cada dia e, sem a presença dos agentes de trânsito da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), principalmente nas avenidas mais movimentadas. Dados do Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA) mostram que a capital maranhense possui uma frota de 400.760 veículos e mais de 80% é de passageiros.

Os motoristas que trafegavam, na manhã de ontem, pela Estrada da Vitória, no Parque Vitória, tiveram de enfrentar engarrafamento e não havia nenhum agente de trânsito para auxiliá-los. O cenário era o mesmo na Avenida Guajajaras, no bairro do Tirirical. O trânsito estava lento nas duas vias.

Era possível encontrar carros e ônibus parados ao longo da Avenida São Luís Rei de França, no Turu. Muitos condutores usavam as vias transversais para fugirem do congestionamento. “O motorista deve conhecer a cidade para poder fugir dos engarrafamentos”, disse o funcionário público, Antônio Silva, de 48 anos. O trânsito também estava caótico na Avenida Tancredo Neves, na área da Cidade Operária, via que dá acesso há dois grandes hospitais da cidade, o Socorrão II e do Servidor. Havia carros estacionados na estrada, deixando o trânsito lento e vários motoristas realizavam manobras irregulares, principalmente, retorno proibido.

No horário de pico era comum encontrar agentes da SMTT controlando o trânsito na Avenida Jerônimo de Albuquerque, principalmente, nas proximidades do elevado da Cohama. Ontem, porém, não havia nenhum desses profissionais e os condutores tiveram de enfrentar engarrafamento desde o bairro Angelim até o Bequimão.

Ainda havia motociclistas realizando infrações nessa via, principalmente, nas ultrapassagens. “Antes tinha agente de trânsito nessa avenida, mas, agora, não olhei mais, e esses profissionais possuem uma função importante para evitar transtornos na via”, apontou o aposentado Márcio Alencar, de 69 anos.

Efetivo mantido
A Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) informou ontem, por meio de nota, que mantém todo o efetivo de agentes de trânsito nas ruas da capital, de acordo com os horários e plantões estabelecidos por escala de trabalho.

Devido às medidas de proteção à Covid-19, a SMTT esclareceu que aqueles servidores que fazem parte do grupo classificado como de risco foram afastados das suas atividades, mas que todo restante das equipes continua trabalhando tanto na área de fiscalização, quanto de disciplinamento e ordenamento do trânsito de São Luís. A SMTT comunica, ainda, que disponibiliza o número 3214- 1123 para informações sobre acidentes ou obstrução de vias, que estejam prejudicando o fluxo normal de veículos.

SAIBA MAIS

Função

Com atribuições definidas pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), os agentes de trânsito estão alocados nas seguintes modalidades de fiscalização de trânsito, de transportes, agente motociclista e Grupo Tático de Trânsito (GTT).

O agente da fiscalização de trânsito preocupa-se em garantir a fluidez do trânsito, atuando em cruzamentos, rotatórias, desobstrução de vias e intervenções viárias. Na fiscalização de transportes, o agente monitora o Sistema de Transporte Coletivo; rotas, viagens e estado de conservação dos ônibus, além dos serviços de táxi, mototáxi, transporte escolar e toda modalidade de transporte de passageiros.

Os agentes também cumprem um papel fundamental no atendimento aos acidentes de trânsito. Durante uma ocorrência, o agente de trânsito motociclista é acionado para chegar com agilidade aos locais de difícil acesso e com trânsito interrompido em decorrência de possíveis colisões e bloqueios viários.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.