Coluna

Cruzeiros fluviais - um presente merecido depois que tudo passar

Os dos rios Danúbio e Reno hoje são os mais procurados pelos turistas brasileiros

Sheila Dureles, personal travel

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h19

O período atual está tão denso. Como já dissemos na coluna anterior, o bom é que há mais de uma centena de pesquisas para vacinas. Países já estão abertos e outros se preparando para receber novamente turistas.

Organismos internacionais preparam rigorosos protocolos sanitários para que a retomada dê certo e que a reabertura aconteça. Medidas sanitárias serão essenciais. Algumas companhias já passarão a adotar o serviço a la carte nos restaurantes mas ainda estão em estudo de acordo com a CLIA Brasil - Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos.

Nesta edição, entrevistamos o Ricardo Alves, diretor da Velle Representações, empresa que desde 2002 atua no setor de cruzeiros fluviais e representante exclusiva da Amawaterways no Brasil, que nos repassou diversas informações a respeito de cruzeiros fluviais. Perguntamos sobre protocolos que serão utilizados e o que já se sabe é que, além da limpeza constante com higienizadores, aumento do número de funcionários, e o tão querido e festejado buffet self-service deixará de existir a bordo, em um primeiro momento.

Indagado sobre cruzeiros de preferência dos brasileiros, os dos rios Danúbio e Reno hoje são os mais procurados. Não sei se pelos castelos, histórias, bons vinhos e comidas, mas nós brasileiros amamos singrar por estes rios. O cruzeiro pelo rio Douro também está com boa saída.

Cruzeiros Exóticos

São muitos pelo mundo e nem imaginamos. Na Europa, o Rio Volga na Rússia, na Ásia: Rio Mekong, entre Camboja e Vietnã; Índia, China, Myamar, na África o cruzeiro safari fotográfico pelo Rio Chobe em Botswana e o cruzeiro pelo Rio Nilo, no Egito, entre Luxor e Aswan, além é claro de navios de descoberta, super luxuosos como o Scenic Eclipse, novíssimo, que tem a bordo helicóptero e um submarino e que navega por Antártida, Caribe, Alaska, sempre à procura do sol. As descobertas realmente serão especiais a bordo dele.

Me encantei especialmente pelo cruzeiro pela Provence, com história romana, e o de Bordeaux: vinho e gastronomia, no qual, em Lyon, é possível ir ao mercado principal de bike. Imagina o que deve ser provar comidas feitas na hora na terra de Paul Bocuse (o rei da gastronomia francesa) e a cidade toda revitalizada. Tão charmosa que te convida a permanecer. Outro predileto é o cruzeiro no período dos Mercados de Natal das cidades europeias.

De tudo o que conversamos, o melhor foi saber que estes cruzeiros servem para todos: famílias, jovens, casais, e que são perfeitos para quem gosta de imersões culturais e gastronômicas.

Porque um Cruzeiro Fluvial

Porque embarcar em um cruzeiro fluvial? Os barcos são super seguros e param em locais que você nem imaginaria conhecer, o padrão da hospedagem é 5 ou 6 estrelas, pode-se escolher cabines com varanda; o que é perfeito para contemplar a paisagem nas margens. O barco não balança, todos os dias têm experiências nos locais/cidades, em alguns destes o barco para nos centros das cidades ou em portos exclusivos, gastronomia de primeira com chefs a bordo e inspiração por locais e cidades de passagem dos barcos, além de imersão cultural com passeios todos os dias.

Experiências e conexões ao redor do mundo são a definição da Velle. E cruzeiros tem tudo a ver com esta afirmação pois embarcar em um cruzeiro é criar novas amizades e voltar sabendo um pouco mais sobre o mundo.

Todos a bordo!

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.