Cidades | Infância

Isolamento social deixa crianças e adolescentes mais vulneráveis à violência

Apenas este ano já foram registrados 140 casos de abuso sexual infantil na Ilha; denúncias podem ser feitas anonimamente pelo Disk 100 ou Conselho Tutelar
Bárbara Lauria / O Estado 18/06/2020

São Luís – Com o isolamento social e a suspensão das aulas em todo o estado, crianças e adolescentes estão passando mais tempo em casa com seus familiares. Contudo, o que deveria ser algo normal, muitas vezes significa risco para esses jovens. De acordo com uma pesquisa do Disk 100 realizada em 2019, mais de 70% dos casos de violência sexual relacionados a crianças e adolescente foram cometidas na casa da vítima ou do agressor.

Estamos vivendo uma situação onde o senso de coletividade, a prevenção e conscientização são fundamentais. Em momentos como esse, a informação não tem preço. Por esse motivo o jornal O Estado está liberando o acesso gratuito a todo o seu conteúdo. Fique em casa e bem informado. Leia O Estado.

Já tenho cadastro

entrar

Ainda não tenho cadastro

Cadastre-se

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte