Geral | Saúde

Coronavírus: dependentes químicos preocupam no Maranhão

Maioria dos dependentes químicos do Caps-AD do Monte Castelo possui quadro de subnutrição ou pneumonia e tuberculose
24/03/2020

Hipertensos, diabéticos e idosos integram o grupo de risco do Covid-19, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS). Mas também os dependentes químicos durante esse período de pandemia de coronavírus precisam de uma atenção especial por englobarem como sendo do grupo imunodeprimido. Aquelas pessoas que possuem suas defesas imunológicas baixas e facilmente infectadas por vírus e bactérias. Dados da Secretaria Estadual de Saúde (SES) revelam que até a manhã de sexta-feira, 20, 205 casos suspeitos dessa doença no Maranhão estavam sendo monitorados pelas equipes do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS).

Estamos vivendo uma situação onde o senso de coletividade, a prevenção e conscientização são fundamentais. Em momentos como esse, a informação não tem preço. Por esse motivo o jornal O Estado está liberando o acesso gratuito a todo o seu conteúdo. Fique em casa e bem informado. Leia O Estado.

Já tenho cadastro

entrar

Ainda não tenho cadastro

Cadastre-se

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte