Cidades | Limpeza Pública

Semmarh orienta sobre Descarte correto de recicláveis no final de ano

Descarte de recicláveis em locais inadequados contribuem com alagamentos de pontos diversos da cidade
29/12/2019 às 00h00
Semmarh orienta sobre Descarte correto de recicláveis no final de anoMaterial coletado é destinado à Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Imperatriz, Ascamari. (Divulgação)

IMPERATRIZ - As festas de fim de ano são marcadas por confraternizações e, com elas, aumentam o consumo de materiais e alimentos e, consequentemente, a produção de resíduos. A Prefeitura de Imperatriz, por meio da Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Semmarh, preocupada com o destino desses materiais orienta a população sobre a importância da separação correta dos recicláveis.

“Esta é uma época do ano que centenas de garrafas de vidro, latas, embalagens de presentes, descartáveis e plásticos são jogados fora, sem a preocupação com a separação e o descarte correto. É importante que as pessoas tenham consciência que separar corretamente os descartáveis e encaminhá-los ao local adequado reflete positivamente na natureza. São pequenas atitudes que contribuem de forma direta no meio ambiente, causando menos impactos negativos ao planeta e mais qualidade de vida”, destacou Rosa Arruda, secretária do Meio Ambiente.

titular da Semmarh acrescentou ainda que descarte de recicláveis em locais inadequados contribuem com alagamentos de pontos diversos da cidade. “Com as chuvas, esses materiais podem ser levados pela enxurrada e entupir bocas de lobo e o sistema de drenagem, causando enchentes nos bairros da cidade”, enfatizou.

De acordo com a diretora do Departamento de Educação Ambiental da Semmarh, Bárbara Brenda Soares, o descarte dos materiais usados nas festas deve ser feito de maneira consciente. “É importante a pessoa separar o lixo que pode ser reciclado do lixo orgânico e enviar o primeiro para um Ponto de Entrega Voluntária ou destinar à Ascamari, entidade parceira do município que contribui no sustento de dezenas de famílias de baixa renda”, disse.

O material coletado é destinado à Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Imperatriz, Ascamari. O projeto, desenvolvido desde fevereiro de 2017 pela Prefeitura de Imperatriz, conta com 73 parceiros e 12 Pontos de Entrega Voluntária, PEVs, e de janeiro a novembro deste ano 412.802 toneladas de recicláveis foram coletados. A coleta é realizada pela Secretaria Municipal de Limpeza Pública, SLP, com a logística da empresa Sellix Ambiental. Atualmente, cerca de 200 famílias que vivem em situação de vulnerabilidade econômica são beneficiadas com a coleta seletiva.

A Política Nacional de Resíduos Sólidos, Lei Federal 12.305/2010, determina que todo material produzido pelas atividades domésticas e comerciais que serão passíveis de coleta pelos serviços de limpeza pública, deve ser encaminhado para destinação final apenas quando não é possível seu reaproveitamento, seja por meio da reciclagem, da reutilização, da compostagem ou da geração de energia. Quando não existir tecnologias viáveis os resíduos, devem ser destinados a aterros sanitários.

Reciclável é todo o resíduo descartado que constitui interesse de transformação de partes ou o seu todo. Esses materiais poderão retornar à cadeia produtiva para virar o mesmo produto ou produtos diferentes dos originais, como papel, papelão, jornais, revistas, caixas, papelão, garrafas PET, recipientes de limpeza, latas de cerveja e refrigerante, canos, esquadrias, arame, todos os produtos eletroeletrônicos e seus componentes, embalagens em geral, óleo de cozinha e outros.

SAIBA MAIS

ROTAS DA COLETA SELETIVA

Pontos de Entrega Voluntária e horário

Segunda-Feira: Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Imperatriz, Ascamari, Conjunto Habitacional Recanto Universitário, Vila Fiquene; Condomínio Quinta Avenida, Beira-Rio; Condomínio Porto Real; Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Semmarh, Rua Rafael de Almeida Ribeiro, 600, São Salvador; Conjunto Habitacional Recanto Universitário, Vila Fiquene; Supermercado Econômico, Vila Lobão; Mini Box Gladino, Vila Redenção; Cilec Supermercado, Vila Lobão; e Supermercado Irmão Sousa, Vila Cafeteira.

Terça-Feira: Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Imperatriz, Ascamari, Conjunto Habitacional Recanto Universitário, Vila Fiquene; Parque da Palmeiras, Bodim Motos, Avenida Bernardo Sayão, Nova Imperatriz; Demila, Bairro Vila Nova; Bairro Bacuri; Bairro da Caema, Parque Alvorada, Universidade Federal do Maranhão, UFMA, Campus Centro e Bom Jesus.

Quarta-Feira: Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Imperatriz, Ascamari, Conjunto Habitacional Recanto Universitário, Vila Fiquene; Vila Cafeteira; Hotel Ibis, Avenida Getúlio Vargas, Centro; Infraero, Aeroporto de Imperatriz - Prefeito Renato Moreira; Condomínio Moriá, Avenida Bernardo Sayão; Condomínio River Side, Setor Beira Rio; e Casa Sousa, Avenida JK.

Quinta-Feira: Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Imperatriz, Ascamari, Conjunto Habitacional Recanto Universitário, Vila Fiquene; Banco do Nordeste, Avenida Getúlio Vargas, Centro; Colégio Santa Luzia, Bairro Santa Rita; Conjunto Planalto e Vila São José; SEST-SENAT, BR-010, s/n, Coco Grande; Faculdade Pitágoras, Centro; Mini Box, Avenida Industrial; e Distribuidora Triunfo, Avenida Industrial.

Sexta-Feira: Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Imperatriz, Ascamari, Conjunto Habitacional Recanto Universitário, Vila Fiquene; Atacadão, Scania, BR-010; Escola Frei Manoel Procópio, Beira Rio; Bairro da Caema; e Supermercado Bocão, Parque São José.

Horário da coleta: 8h às 12h e das 14h às 17h30.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte