Estado Econômico

Fecomércio/Sesc/Senac lança o programa Ecos

Programa trabalha as dimensões ambiental, social e econômica

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h21

Fecomércio/Sesc/Senac lança o programa Ecos

O Sistema Fecomércio/Sesc/Senac no Maranhão lançou o Ecos - Programa de Sustentabilidade que visa planejar, propor e executar ações que induzam à prática intersetorial e colaborativa da sustentabilidade nas atividades realizadas pelas três Casas.

O lançamento foi feito aos empregados pelo presidente da Fecomércio-MA, José Arteiro da Silva, e ainda pela diretora regional do Sesc/MA, Rutineia Amaral e o diretor regional do Senac/MA, José Ahirton Lopes.

“De abril a agosto de 2019, o Sistema Fecomércio/Sesc/Senac no Maranhão passou pelo processo de implantação do Programa Ecos. Precisamos, a partir de agora, que todos os funcionários estejam engajados, pratiquem e façam acontecer a sustentabilidade na nossa sede administrativa. Queremos ser um exemplo para incentivar outras organizações, em nosso estado, a seguirem pelo mesmo caminho do desenvolvimento de atitudes socioambientais mais responsáveis”, explicou o presidente José Arteiro.

Durante o lançamento, foi realizada a apresentação do programa Ecos, que contou com explicações sobre a implantação e rotina do programa, assim como o plano de ação elaborado para o ano de 2020. Além disso, todos os funcionários da sede administrativa do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac receberam o kit Ecos de boas práticas ambientais, composto por ecobag, copos reutilizáveis e canecas.

As três perspectivas estratégicas do Programa Ecos, que estabelecem o direcionamento das iniciativas a serem executadas nas dimensões ambiental, social e econômica, consistem na mitigação de impactos socioambientais, sensibilização dos empregados e otimização dos recursos.

Presentes de última hora

Levantamento da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) estima que cerca de 13,2 milhões de brasileiros devem comprar os presentes natalinos em cima da hora.

O dado corresponde a 10% dos consumidores que têm a intenção de presentear alguém no Natal, número próximos aos 8% do ano passado.

Expectativa por promoções (48%), é a principal justificativa dos entrevistados para postergar as compras.

Plano Operacional

Para assegurar o fornecimento de energia elétrica, com qualidade e segurança, e o restabelecimento do sistema em caso de falta de energia no período das festas de fim de ano, a Equatorial Maranhão dispõe de um plano operacional.

Serão 340 equipes e 1.209 profissionais, entre engenheiros, técnicos, operadores e eletricistas que estarão em regime de plantão, distribuídos em pontos estratégicos no estado.

Polêmica do ICMS e prisão

A decisão tomada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) de criminalizar o empresário que deixar de pagar o Imposto Sobre Circulação de Serviços (ICMS), devidamente declarado ao Fisco, com prisão de até dois anos, não foi bem recebida pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL).

De acordo com a CNDL, a declaração irregular do imposto já é penalizada pelo Estado com aplicação de multas, juros e até mesmo a expropriação de bens da empresa e do empresário.

Agroecologia na educação

A Câmara de Vereadores de Lago do Junco/MA, aprovou projeto de lei que dispõe sobre a implantação da disciplina agroecologia no currículo escolar, uma conquista da Associação de Mulheres Trabalhadoras Rurais de Lago do Junco e Lago dos Rodrigues (AMTR), que tem entre as suas bandeiras a educação do campo.

Foram as agroextrativistas que encaminharam o projeto ao plenário da Câmara Municipal, discutido durante a audiência pública no dia das Quebradeiras de Coco Babaçu, em 24 de setembro.

Terminal multimodal

A empresa Grão Pará Multimodal (GPM), sediada em São Luís, está finalizando a estruturação do projeto de um grande terminal multimodal em Alcântara, com capacidade de movimentar 140 milhões de toneladas/ano, especialmente de minério e grãos. Parte do projeto é a construção de um ramal ferroviário que ligaria Alcântara à Ferrovia Norte-Sul.

Varejo

Investimentos no estado

A Oi investiu mais de R$ 83 milhões no Maranhão de janeiro a setembro de 2019, um aumento de 16% em relação ao mesmo período do ano anterior. A operadora implantou rede de fibra ótica na cidade de São Luis e investiu na sua rede móvel com a modernização de 69 sites no período.

Abertura de empresas

O Brasil registrou um recorde histórico na abertura de novas empresas em outubro de 2019: foram 307.443 novos empreendimentos no mês, totalizando a abertura de quase 10 mil por dia. Quando comparado com outubro/18, a alta foi de 30,8%.

Plano de carreira

Ao serem questionados se possuem um plano de carreira na empresa em que trabalham, 53% dos empregados afirmaram não ter essa perspectiva. Quando se fala apenas das mulheres, este índice atinge 60%. Foi o que constatou a pesquisa Alelo Hábitos do Trabalho, realizada pelo Instituto Ipsos, em 12 regiões metropolitanas. “Mais do que estimular a equidade das mulheres no mercado de trabalho, as empresas precisam promover oportunidades que as apoiem na consolidação de suas carreiras. A atuação feminina ultrapassa as ações meramente corporativas, por isso temos a obrigação de integrar e sermos responsáveis por assegurar a inclusão do talento e da habilidade delas a longo prazo”, destaca Cesário Nakamura, presidente da Alelo.

Menos sindicalizados

A quantidade de trabalhadores sindicalizados atingiu o menor patamar dos últimos sete anos. Dos 92,3 milhões de pessoas ocupadas em 2018 no país, 11,5 milhões estavam associadas a sindicatos. A taxa de sindicalização ficou em 12,5%, a menor desde 2012, quando atingiu 16,1%, de acordo com a Pesquisa Nacional de Domicílios (PNAD Contínua), divulgada pelo IBGE.

Valor bruto da produção

Com a chegada do fim de 2019, a estimativa do Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) é de R$ 617 bilhões (com base nos dados de novembro). Um crescimento de 2,1% em relação ao valor obtido em 2018, que foi de R$ 604,5 bilhões.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.