Quebra de decoro

Conselho de Ética vai instaurar processos contra Bolsonaro

Deputado federal Eduardo Bolsonaro tem três processos por quebra de decoro parlamentar

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h22
Eduardo Bolsonaro é acusado de quebra de decoro em três processos que serão instaurados na Câmara dos Deputados
Eduardo Bolsonaro é acusado de quebra de decoro em três processos que serão instaurados na Câmara dos Deputados (Eduardo Bolsonaro desistiu ontem da indicação à embaixada brasileira nos EUA)

brasília

O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar se reúne na próxima terça-feira, 26, para a instauração de três processos contra o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e sorteio de lista tríplice para posterior escolha do relator.

Dois desses processos foram motivados pelas declarações do deputado durante entrevista a um canal no YouTube, em 31 de outubro deste ano, em que Eduardo Bolsonaro disse que “se a esquerda radicalizar” a resposta pode ser “via um novo AI-5”.

Ele se referiu ao Ato Institucional nº 5, editado em 1964 pelo presidente Costa e Silva, durante o regime militar, que resultou na perda de mandatos de parlamentares e na suspensão de garantias constitucionais.

Os pedidos foram feitos por Psol, PT, PCdoB e Rede.
O terceiro pedido de cassação do mandato do deputado partiu do PSL, legenda de Eduardo Bolsonaro. O partido acusa o deputado de ter ofendido Joice Hasselmann (PSL-SP) nas redes sociais após a deputada ter se colocado contra a indicação de Bolsonaro para a liderança do PSL.

A reunião está marcada para as 14h30 em plenário a ser definido.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.