Incremento

Integração Chapada das Mesas e Jalapão para diversificar ecoturismo

Ideia do Sebrae do MA e TO é estruturar um roteiro unindo os dois destinos, oportunizando ambiente de negócios favorável aos municípios participantes

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h22
Parte da missão em uma das paisagens características do Jalapão: chapadões, cerrado e estradas de terra
Parte da missão em uma das paisagens características do Jalapão: chapadões, cerrado e estradas de terra (Sebrae / Jalapão / Chapada das Mesas)

São Luís - Já começaram, efetivamente, as articulações entre os estados do Maranhão e Tocantins para o mapeamento de uma trilha turística que unirá o Polo Chapada das Mesas ao Parque Estadual do Jalapão. A ideia é diversificar a oferta de turismo de aventura e ecoturismo no Brasil e melhorar a infraestrutura e os equipamentos turísticos dos dois destinos para dinamizar a economia dos dois territórios que juntos, recebem uma média de 110 mil visitantes por ano.

Um roteiro integrado entre os dois destinos foi proposto pelos Sebrae Maranhão e Tocantins há cerca de sete anos, quando a instância de governança da Chapada das Mesas havia sido estabelecida. “Tínhamos a experiência de sucesso e a expertise adquirida na estruturação da Rota das Emoções e pensamos na mesma proposição para esses dois territórios do cerrado brasileiro”, relembra o diretor técnico do Sebrae Maranhão, Mauro Borralho de Andrade, explicando que naquela época, entretanto, as estratégias institucionais seguiram para outro horizonte e o Sebrae Nacional decidiu adiar o projeto.

“Hoje, porém, outro cenário se apresenta e pode viabilizar a estruturação de mais um roteiro turístico no país, com a integração dos 12 municípios maranhenses que compõem o Polo Turístico Chapada das Mesas e o território do Parque Estadual do Jalapão e as Áreas de Proteção Ambiental do entorno”, coloca o executivo.

Para o Sebrae, a integração pela via do Turismo trará desenvolvimento aos dois territórios, principalmente para os pequenos negócios. “A estruturação e posterior consolidação de um novo roteiro turístico, além de ampliar, diversificar e qualificar as rotas já existentes no país, propicia a inserção deste nos mercados nacional e internacional, estimulando a demanda de visitantes, atraindo novos turistas, alavancando a economia em ambas as regiões, fortalecendo os negócios já existentes e o fomento de novos. Em se tratando do Jalapão e Chapada das Mesas será um círculo virtuoso de desenvolvimento que mudará a realidade dos dois territórios”, acredita o diretor superintendente do Sebrae Tocantins, Moisés Gomes.

“É um roteiro que, certamente, deterá nossa parceria, porque acreditamos na força transformadora que o Turismo traz para aos territórios. Para a Chapada das Mesas a integração só fortalecerá a governança do polo, trazendo como desafio para o poder público municipal o pensar e o trabalhar em conjunto para favorecer as melhorias necessárias”, destacou o prefeito de Alto do Parnaíba, Rubens Sussumu.

Missão técnica

Para iniciar as articulações de constituição desse novo roteiro integrado, os Sebrae do Maranhão e Tocantins organizaram duas missões técnicas com grupos de parceiros que farão parte da estruturação da rota turística. Neste mês, um grupo maranhense visitou o Jalapão, analisando os atrativos, progressos, gargalos e desafios que o destino apresenta.

Partindo da cidade de Balsas a caminho do município de Lizarda, no Tocantins, o grupo seguiu para a cidade de São Félix, onde se encontrou com os parceiros tocantinenses, continuando a viagem para Mateiros e Ponte Alta, realizando visitas aos atrativos e comunidades que poderão fazer parte do roteiro. Dirigentes, gerentes e analistas técnicos do Sebrae dos dois estados, representantes do governo e do trade maranhense e tocantinense, além da Instância de Governança do Polo Chapada das Mesas participaram da missão.

Em dezembro, será a vez de o Maranhão receber na Chapada das Mesas a comitiva tocantinense. “São dois destinos fantásticos do nosso país e grandes indutores do turismo de aventura e ecoturismo. Porém, assim como em toda a construção, as bases devem ser bem firmes e sólidas. Temos muito a dialogar, alinhar, ajustar e contribuir de ambos os lados para que essa integração aconteça de maneira positiva, tenha sustentabilidade e ganhos para as comunidades dos dois territórios”, sinalizou a diretora técnica do Sebrae Tocantins, Eliana Castro.

Para a presidente da Instância de Governança do Polo Chapada das Mesas, Joilene Assunção, que participou da missão técnica ao Jalapão, o sonho postergado há sete anos está bem mais próximo de ser concretizado agora. “Voltamos dessa ação cheios de conhecimentos e novas ideias na bagagem que, certamente, irão contribuir para que pensemos, juntos, a integração desses dois destinos, unindo forças para estruturarmos um roteiro que será sucesso e fortalecerá o trade dos dois territórios”, destaca a presidente.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.