Cidades | ESPECIAL / Batalha histórica

E as razões para a vitória? O lado racional e religioso do "milagre"

Fatores ligados a aspectos naturais e católicos são citados para justificar a improvável vitória lusa no conflito; alta variação da maré e a inexperiência dos membros silvícolas vindos com a França foram preponderantes
Thiago Bastos / O Estado02/11/2019

Historiadores apontam, pelo menos, cinco razões atreladas ao pensamento racional para explicar que, mesmo com desvantagem numérica, os portugueses finalizassem o conflito com vitória diante dos franceses. Uma delas é que parte das forças que desembarcaram na representação bélica da França nas terras maranhenses não eram profissionais. No entanto, foi construída uma outra justificativa: o “milagre de Guaxenduba”.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte