Geral | Recenseamento

Realizada 1ª Reunião de Planejamento para o Censo 2020 em São Luís

O IBGE reuniu representantes do poder público e da sociedade local
Daniel Matos31/10/2019 às 17h40
Realizada 1ª Reunião de Planejamento para o Censo 2020 em São LuísCompuseram a mesa de trabalhos o secretário municipal de Governo de São Luís, Milton Calado; o Imesc, Dionatan Carvalho; o secretário de Estado de Programas Estratégicos, Luis Fernando Silva, e o chefe da Unidade do IBGE no Maranhão, Marcelo Virgínio (Divulgação)

São Luís (MA) – O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE-MA) promoveu, nesta quinta-feira (31), com apoio do Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Programas Estratégicos (SEPE), a 1ª Reunião de Planejamento e Acompanhamento do Censo 2020 (REPAC), em São Luís.

Por meio das REPACs, o IBGE dá transparência às ações relacionadas ao Censo e estabelece um importante canal de diálogo e cooperação com a sociedade.

De acordo com Wellington Georges, coordenador das REPACs no Maranhão, o objetivo do evento é permitir o acompanhamento da operação pela comunidade local e agregar esforços para facilitar o Censo. “Apresentamos informações a respeito das metodologias técnicas e conceituais utilizadas, as ações em campo, a infraestrutura disponível, as equipes envolvidas e o andamento dos trabalhos. Além disso, compartilhamos nossas dificuldades, em busca de apoio para executar essa ação censitária de tão grande porte”, explicou.

As reuniões de planejamento para o Censo vêm sendo realizadas pelo IBGE em todos os estados brasileiros. No Maranhão, já ocorreram 210 reuniões, em diferentes municípios. Em São Luís, estão previstas mais três reuniões ao longo do próximo ano: uma reunião antes do Censo, outra durante a operação, e a última REPAC, após a coleta censitária, para apresentação dos resultados obtidos.

Durante o evento desta quinta-feira, realizado no auditório do Palácio Henrique de La Rocque, Marcelo Virgínio de Melo, chefe da Unidade Estadual do IBGE no Maranhão, falou sobre a importância da participação do poder público, lideranças comunitárias, empresários e entidades municipais e estaduais para o sucesso do Censo Demográfico 2020. “O IBGE nunca fez nenhum de seus censos sozinho. A parceria das instituições aqui representadas é fundamental para que a operação censitária aconteça e para que atinjamos nosso objetivo de traçar um retrato abrangente e fiel do País”, destacou.

Luis Fernando Silva, secretário de Estado de Programas Estratégicos (SEPE), reiterou a parceria com o IBGE para execução do Censo: “Todos os esforços e recursos que estiverem ao nosso alcance serão empregados para apoiar esta operação que fornecerá dados tão relevantes sobre a realidade do Estado. O Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc), que integra a estrutura da nossa secretaria, já tem sido um ponto de apoio importante para o IBGE, e reafirmamos aqui nosso compromisso, visando o êxito do Censo Demográfico 2020”, reforçou.

O Censo

O Censo Demográfico 2020 será a maior operação de recenseamento já organizada no País. Serão visitados, aproximadamente, 71 milhões de endereços, em 5570 municípios.

Para operacionalizar o Censo, o IBGE planeja contratar, temporariamente, mais de 230 mil pessoas para os trabalhos de coleta de dados, supervisão, apoio técnico-administrativo e apuração dos resultados.

Nesta edição, toda a operação será informatizada, com a utilização de formulários na WEB, de equipamentos móveis para a coleta de dados, da Internet para o suporte de comunicações e tráfego de dados, e de data centers de alto desempenho.

A previsão é de que os resultados preliminares sejam divulgados a partir da segunda quinzena de dezembro de 2020. Já os resultados finais e as análises estão previstos para o segundo semestre de 2021 até o início de 2023.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte