Esporte | Round

Imperatriz recebe o Juventude e tenta fazer valer "fator casa"

O Cavalo de Aço quer aproveitar o jogo no Frei Epifânio para adquirir a vantagem no jogo de volta contra o time alviverde, nesta segunda-feira, em Caxias do Sul (RS), e que definirá o acessso para a Série B de 2020
02/09/2019
Imperatriz recebe o Juventude e tenta fazer valer "fator casa"Treinador Paulinho Kobayashi comandou último treino tático, domingo, antes de enfrentar o Juventude (Divulgação)

São Luís - Em jogo histórico, o Imperatriz recebe o Juventude nesta segunda-feira, 2, às 20h, no Frei Epifânio D’Abadia, em Imperatriz. A volta acontecerá na segunda-feira, 9, no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS).

O Imperatriz tem a grande oportunidade de diminuir o caminho para a Série B do Campeonato Brasileiro, com uma grande vitória em casa. Logicamente, respeitando o adversário, que também chegou com méritos nessa fase da competição.

Já o adversário do Cavalo de Aço, o Juventude, passou para essa fase, com uma derrota dentro do Alfredo Jaconi, para o Ypiranga, que marcou 1 x 0. “Não é porque marcou sua classificação para essa fase do Brasileiro Série C com uma derrota em casa, que o Juventude deixou de merecer nosso respeito”, enfatizou Paulinho Kobayashi.

A última vez que o Cavalo de Aço jogou a 2ª divisão do Brasileiro foi em 1987, quando a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) passava por uma grave crise financeira e decidiu não organizar a competição. Sendo assim, os 13 principais clubes do país resolveram criar uma competição de elite, a Copa União, enquanto, paralelamente o Módulo Azul (Troféu Heleno Nunes) e o Módulo Branco (Troféu Rubem Moreira), contemplavam um total de 48 equipes, entre elas Moto Club, Sampaio, Maranhão e Imperatriz, todos mesma chave. Para a imprensa da época, essas duas competições foram criadas para substituir a Série B. O Imperatriz terminou na 20ª colocação. Americano e Operário venceram respectivamente os módulos.

Sendo assim, há muito tempo longe da Série B, o Imperatriz enxerga uma oportunidade de ouro para retornar a divisão de acesso à elite do futebol brasileiro.

O Juventude, que tem chegada prevista para hoje em Imperatriz, também já tem o time definido e caso não haja problemas de última hora, vai sair jogando com.

Do lado do Juventude, a tendência é que o treinador Marquinhos Santos deve manter a mesma base que vem jogando.

Ficha técnicas

Imperatriz

Jean; Gabriel Paulino, Ramon, Renan Dutra e Renan Luis; Xave, Dos Santos e Gabriel Caju; Lucas Campos, Manoel e Vitor Xavier

Téncico: Paulinho Kobayashi

Juventude

Marcelo Carné; Vidal, Genilson, Sidimar e Felipe; João Paulo, Aprile, Jonh Lennon e Denner; Bruno Alves e Braian Rodrigues

Técnico: Marquinhos Santos

Competição: Campeonato Brasileiro da Série C

Data: 2/9/2019

Horário: 20h

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)

Assistentes: Michael Corrêia (RJ) e Luiz Cláudio Regazone (RJ)

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte