Campanha

Doação de sangue: trote universitário com solidariedade

Campanha de doação de sangue envolveu alunos de todos os cursos de faculdade

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h23
Atividade solidária aconteceu nesta quinta-feira, em faculdade
Atividade solidária aconteceu nesta quinta-feira, em faculdade (doação de sangue)

Quando Wesley Garrido chegou à faculdade para assistir às aulas, logo notou uma movimentação diferente na entrada da Faculdade Estácio, em São Luís. Um caminhão de coleta de sangue estava parado na frente do prédio, o que atraiu o estudante do curso de Educação Física e o fez querer doar sangue pela primeira vez. “Foi uma boa oportunidade ter a captação na faculdade, principalmente porque eu não tinha tempo de ir até o hemocentro. Agora, posso fazer essa doação aqui mesmo”, contou.

E ele não foi o único doador estreante no trote solidário promovido pela Estácio. O estudante Bruno Souza também es­tava ali pela primeira vez. “É uma questão de humanidade. Não custa nada ajudar o próximo fazendo essa doação, que pode salvar muitas vidas”, ponderou o também aluno de Educação Física.

A adesão dos alunos foi acima da média, segundo a professora Karolinne Lima, coordenadora do curso de Pedagogia da Estácio. “É um incentivo que fazemos constantemente, para que nossos alunos entendam que a formação profissional também passa por atos solidários. A ideia é criar esse hábito de doação e que se forme uma corrente do bem para que as pessoas doem sangue mesmo fora dos dias de campanha como hoje”, ressaltou a especialista.

Plinio Tuzzolo, diretor do Grupo Mercúrio, responsável pela campanha de doação em parceria com a faculdade Estácio, explicou que a mensagem mais importante é a da conscientização, já que uma só bolsa de sangue pode ajudar até quatro pessoas. “Para criar esse hábito solidário, é preciso mobilizar a sociedade em diferentes espaços, que vão além das salas de captação dos hemocentros. Já estivemos na Câmara Municipal, na Assembleia Legislativa, em igrejas, órgãos públicos em geral, e aqui na Estácio. Uma grande adesão que nos alegra muito”, comemorou Plínio.

Ao fim do dia, o trote solidário conseguiu arrecadar cerca de cem bolsas de sangue, que vão reforçar o estoque do Hemomar.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.