Estado Econômico

Taxas de endividamento e inadimplência recuam

Número de consumidores ludovicenses que possuem algum tipo de dívida recuou
03/08/2019

O número de consumidores ludovicenses com algum tipo de dívida recuou 0,5% na passagem do mês de junho para julho, de acordo com a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), realizada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Maranhão (Fecomércio-MA) em parceria com a Confederação Nacional do Comércio (CNC).
Na comparação com o mesmo período de 2018, o endividamento também apresenta um arrefecimento de -0,5% em São Luís. Com isso, o percentual de 57,1% de consumidores endividados na capital, no mês de julho de 2019, é o menor resultado desde junho do ano passado.
Na mesma direção, o índice de inadimplência, ou seja, aqueles consumidores endividados que apresentam contas em atraso, também obteve uma desaceleração no mês de julho em São Luís. Segundo a Fecomércio-MA, o nível de inadimplência caiu 6,5% na comparação mensal e 8,1% em relação a julho de 2018.
Para a Federação do Comércio, a queda do endividamento é um reflexo do enfraquecimento do nível de consumo no último mês, uma vez que o índice de intenção de consumo em São Luís apresentou uma retração de 1,7% na comparação do mês de julho com o mês imediatamente anterior.
Consequentemente, a queda da inadimplência observada está diretamente ligada à retração momentânea da obtenção de crédito para o consumo, além de uma melhora registrada no mercado de trabalho local durante o primeiro semestre do ano.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte