Vida | Fique atento

Julho é o mês de conscientização e prevenção ao câncer de bexiga

Diagnóstico tardio, causado por ausência ou descaso com os sintomas, contribui para alta mortalidade da doença; neoplasia pode ceifar a vida de até 1/3 dos pacientes acometidos; cirurgia é o mais indicado
12/07/2019

SÃO PAULO - O número de pessoas diagnosticadas com câncer de bexiga tem crescido consideravelmente nas últimas décadas. O mês de julho é reservado para a conscientização deste tipo de neoplasia, que atingiu mais de 9 mil brasileiros em 2018. Por ser silencioso, o câncer de bexiga pode evoluir sem apresentar sintomas na fase inicial, sendo diagnosticado principalmente em estágios avançados. Um impasse que reduz as possibilidades de cura. Hoje a doença pode matar até 1/3 dos pacientes acometidos.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte