Cidades | Variação climática

Transição climática no Maranhão intensifica focos de calor e queimadas

O período mais seco do ano deve começar, definitivamente, em agosto, mas as consequências do calor mais intenso já podem ser vistas, sobretudo no sul do estado
Emmanuel Menezes / O Estado09/07/2019

SÃO LUÍS - O período de transição entre a estação chuvosa e o verão no Maranhão começou, e essa mudança climática pode trazer consequências, como o aumento nos focos de incêndio, sobretudo no sul do estado. Até o dia 7 de julho, 1.887 focos de incêndio foram registrados em solo maranhense, tornando-o o quarto estado com em maior número de queimadas.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte