Polícia | Ação repressiva

30 pessoas presas por tráfico de drogas no mês de junho, no MA

Apenas nesta semana, três homens foram presos na capital; ações de combate ao crime estão sendo realizadas por equipes da polícia militar
21/06/2019
30 pessoas presas por tráfico de drogas no mês de junho, no MAAlexandro Falcão e Rafael Santos foram presos na Vila Conceição, com apreensão de drogas e arma (Divulgação)

As ações de combate ao tráfico seguem sendo realizadas constantemente em todo o Maranhão. Apenas no mês de junho, 30 pessoas já foram presas acusadas de tráfico de drogas. Dentre as prisões, três foram realizadas na capital nesta semana.
Policiais da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) prenderam em flagrante, na quarta-feira (19), Alexsandro Falcão Olímpio, conhecido como “Sabão”, e Rafael Santos Soeiro, conhecido como “Toni Kross”, na Vila Conceição, em São Luís. A operação foi realizada pelo Departamento de Combate a Roubos a Instituições Financeiras (DCRIF) e Departamento de Combate ao Crime Organizado (DCCO).
Com eles, foram apreendidos vários invólucros de maconha, uma porção de cocaína, balança de precisão, papel filme, anotações de contabilidade do tráfico, além de outros apetrechos utilizados no tráfico de drogas, além de um revólver calibre 38, com quatro munições intactas.
Os presos são integrantes de uma organização criminosa, com atuação na região metropolitana de São Luís. Os policiais cumpriram mandado de recaptura, expedido pela 1ª Vara de Execuções Penais, contra "Sabão", que fugiu do sistema prisional em 2017.
A polícia ressalta que a dupla está envolvida em roubos a estabelecimentos comerciais, instituições financeiras, homicídios, tráfico de drogas, associação para o tráfico e porte ilegal de arma de fogo, em São Luís. Após autuação em flagrante na Seic, eles foram encaminhados ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas, onde permanecerão à disposição da Justiça.
Vila Embratel
Em uma ação realizada na noite da última terça-feira (18), a Polícia Militar do Maranhão, por intermédio do 1ºBPM, conseguiu executar a prisão de Gilvan Abreu Moura “Cara de Ovelha” suspeito pelo crime de tráfico de drogas no bairro da Vila Embratel, em São Luís.
A Polícia Militar foi informada via Centro Integrado de Operações de Segurança (CIOPS), sobre um suposto sequestro de um policial militar, que estaria sendo mantido como refém por um indivíduo conhecido como “Cara de Ovelha” e mais dois comparsas.
Já no local, na rua Quinze, a guarnição avistou Gilvan Abreu na companhia de um dos comparsas que conseguiu fugir. O denunciado, ao tentar se evadir, dispensou um objeto verde, sendo este material encontrado e identificado como uma garrafa pet contendo parte do material entorpecente.
Foram apreendidos 24 trouxinhas de substância semelhante a crack, 17 trouxinhas de substância semelhante a maconha, dois aparelhos celulares, material para embalar drogas e cerca de 19 reais em espécie. O caso foi registrado no plantão do Itaqui Bacanga.
São Raimundo
Ainda em São Luís, no bairro São Raimundo, o 13ºBPM, conseguiu prender em flagrante um homem identificado como Jean Carlos Costa Frazão, de 26 anos, suspeito pelo crime de tráfico de drogas no bairro Moropóia, região do São Raimundo, em São Luís.
Uma equipe do Grupo Garra da 1ª Companhia realizava patrulhamento em vias do bairro São Raimundo, quando avistaram Jean Frazão em situação suspeita. A polícia abordou o rapaz e com ele foi encontrada uma sacola plástica com 65 unidades de substância similar a maconha. Jean Carlos foi encaminhado ao plantão de Polícia Civil do bairro Maiobão.
Em Imperatriz
Outro caso de bastante repercussão, noticiado na edição de ontem (20), de O Estado, foi a prisão de uma organização criminosa, acusada de fornecer droga a partir de Imperatriz para outras cidades maranhenses e do Tocantins, desarticulada pela Operação Fronteira.
A operação foi desenvolvida pela Delegacia Especializada em Investigações Criminais (Deic) de Araguatins, com apoio do Grupo de Operações Táticas Especiais (Gote) do Tocantins e da polícia maranhense. Este cerco policial resultou na prisão de nove pessoas e foram cumpridas seis ordens de busca e apreensão.
As incursões se concentraram em Imperatriz e nas cidades do Tocantins de Sítio Novo, São Miguel do Tocantins e Augustinópolis. O delegado Thiago Bustorff, responsável pela Deic, informou que os detidos foram encaminhados para a delegacia de Polícia Civil de São Miguel, no Tocantins, onde prestaram esclarecimentos e em seguida foram levados para a unidade prisional.
Ainda segundo o delegado, esses criminosos agiam principalmente na região do Bico do Papagaio, localizada entre os estados do Maranhão, Piauí, Tocantins e Pará. Na investigação ficou constatado que o esquema de distribuição de drogas, oriundas do Estado de Goiás, chegava ao Maranhão via Imperatriz e posteriormente era subdividida e comercializada em outros municípios maranhenses e tocantinenses.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte