Política | Caiu

Ministro general Santos Cruz é demitido após audiência no Senado

Demissão foi anunciada há pouco pela imprensa; pela manhã, ministro prestou esclarecimento à senadora Eliziane Gama sobre vídeo que fazia alusão à ditadura
13/06/2019 às 17h42
Ministro general Santos Cruz é demitido após audiência no SenadoDivulgação

BRASÍLIA - O ministro Santos Cruz, da Secretaria de Governo, vai deixar o ministério do presidente Jair Bolsonaro. É a primeira baixa de um militar integrante do governo.

O presidente já escolheu o sucessor e pode divulgar ainda nesta quinta-feira.

Segundo fontes do Palácio do Planalto, isso não abala o grupo militar que integra a equipe ministerial.

General da reserva, Santos Cruz foi alvo no mês passado de ataques do ideólogo Olavo de Carvalho, avalizados pelo filho do presidente, Carlos Bolsonaro.

A demissão ocorre depois de o então ministro ter prestado esclarecimentos no Senado da República sobre um vídeo publicado em rede social do Palácio do Planalto, que fazia alusão ao golpe militar de 1964.

Em sua defesa, ele disse que o vídeo foi publicado por engano por um funcionário. Ele tratou o caso como "equívoco".

O esclarecimento dado ao Senado na manhã de hoje ocorreu no âmbito da Comissão de Transparência, Governança, Fiscalização e Controle e Defesa do Consumidor (CTFC), a pedido da senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA).

O senador Roberto Rocha (PSDB) também participou da audiência

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte