Política | "Montanha de crimes"

Jefferson Portela e Ney Anderson trocam insultos e acusações em programa

Secretário ainda atacou jornalistas, deputado, delegados e autoridades em programa apresentado pelo jornalista Geraldo Castro na Mirante AM.
José Linhares Jr11/06/2019 às 18h03
Jefferson Portela e Ney Anderson trocam insultos e acusações em programaSecretário de segurança Jefferson Portela não poupou críticas (Biné Moraes)

Em participação polêmica no programa Abrindo o Verbo desta terça (11), apresentado jornalista Geraldo Castro, o secretário de segurança Jefferson Portela atacou/criticou membros da Polícia Civil, imprensa, Câmara Federal, sistema penitenciário e Justiça. O secretário afirmou que delegado Ney Anderson é "viciado em cocaína". Minutos depois o delegado licenciado também entrou no ar e afirmou que Portela é "o pior bandido que ele já conheceu na vida".

O entrevero começou quando o secretário estadual de segurança pública, Jefferson Portela, iniciou participação por telefone para contestar reportagem veiculada no blog do jornalista Jorge Aragão e reproduzida no programa Abrindo o Verbo na segunda (10).

Portela fez diversas acusações/críticas contra jornalistas, blogueiros e os delegados Tiago Bardal e Ney Anderson. Em várias ocasiões o secretário acusou de pedir licença para recuperação de distúrbios psicológicos causados pelo uso de cocaína. Afirmou que futuramente irá, inclusive, revelar o traficante que fornecia drogas ao delegado.

Vai explodir uma montanha de crimesJefferson Portela

O secretário ainda atacou o deputado federal Edilázio Jr (PSD). O parlamentar cobra das autoridades investigações sobre a suspeita de que o secretário seja o cabeça de uma operação ilegal para espionar desembargadores. Jefferson Portela falou, em tom ameaçador, que gostaria de ser interrogado pelo parlamentar em Brasília para “dizer certas coisas”.

Durante a participação, o secretário também criticou a sociedade brasileira que, segundo ele, não reprime o crime como deveria. Portela relatou que a polícia prende dezenas de presos que “são colocados na rua pela Justiça”. Ele ainda criticou o sistema penitenciário que permite o comando do crime dentro dos presídios. O secretário não deixou claro se a referência podia ser estendida ao colega de governo, secretário estadual de administração penitenciária Murilo Andrade de Oliveira.

Após a participação de Portela, o delegado Ney Anderson ligou para o programa e afirmou que Portela é “o pior bandido que eu já conheci na vida”. O secretário voltou a ligar e a contradizer o delegado.

Confira a participação dos dois no programa Abrindo o Verbo, apresentado na Mirante AM 600 KHz.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte