Polícia | Tribunal do júri

Julgamento de bombeiro militar é adiado em Imperatriz

Ausência de uma testemunha de acusação levou o juiz Marcos Antônio de Oliveira a adiar a sessão que julgaria José Wilton, acusado de homicídio em 2007
Ismael Araújo24/05/2019

IMPERATRIZ - O Poder Judiciário ainda não definiu a nova data do julgamento do bombeiro militar José Wilton de Sousa Nunes, que estava marcado para ocorrer ontem, no Fórum Henrique de La Rocque, em Imperatriz. Ele é acusado de ter assassinado a tiros o mototaxista Jhonatan Vieira de Oliveira, de 21 anos, no dia 5 de agoto de 2007, no bar da Maroca, no bairro Nova Imperatriz. José Wilton aguarda o julgamento em liberdade.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte