Estado Maior

Empenho e transparência

23/04/2019

O tempo passa e São Luís ainda tem regras previstas em um Plano Diretor que já completou 13 anos. Pela Legislação, um plano diretor de cidades precisa ser atualizado a cada 10 anos.
Esta atualização, na capital maranhense, vem se arrastando desde 2016, ano em que as regras completaram uma década. E desde o ano passado, a Prefeitura vem anunciando a chegada deste novo Plano que existe, por enquanto, somente no papel.
Já foram feitas audiências públicas em comunidades, mas sem um efeito prático que tenha sido apresentado pela gestão municipal.
Na Câmara dos Vereadores – cujos membros serão os responsáveis pela aprovação das novas regras – os parlamentares pouco sabem a respeito deste novo Plano Diretor.
O que se tem notícia – ainda sem a certeza devida – é sobre uma possível redução da área hoje considerada rural. A previsão é de que 41% do que hoje é rural, será transformada em urbana.
Resta saber se isso levará São Luís rumo a um desenvolvimento econômico ou deixará áreas rurais sem o planejamento devido para se tornar uma zona urbana.
É preciso transparência do Executivo. É preciso empenho dos vereadores da capital. É necessário que a população saiba o que mudará para os ludovicenses e quando a mudança vai acontecer.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte