Política | Sem transparência

Dino não explica destino de pedido de empréstimo de R$ 623 milhões

Governador diz que parte do recurso servirá para o pagamento de precatórios, mas não explica qual o percentual, nem em que será investida a outra parte.
Thiago Bastos/Gilberto Léda03/04/2019 às 10h07
Dino não explica destino de pedido de empréstimo de R$ 623 milhõesAgência Secap

Em entrevista a pool de emissoras na manhã de terça-feira, 3, o governador Flávio Dino (PCdoB) - que por várias vezes durante a conversa citou o termo "transparência" como um dos pilares de sua gestão - não explicou a destinação dos R$ 623 solicitados por ele em mensagem encaminhada para a Assembleia Legislativa do Maranhão.

De acordo com o Executivo, o valor será usado para quitação dos chamados precatórios, no entanto, outro percentual continua sem destinação específica.

A matéria, que deverá ser analisada nos próximos dias pelos deputados estaduais, vem causando polêmica até mesmo entre aliados. Segundo eles, o Executivo ainda não sinalizou que contrapartidas serão encaminhadas aos parlamentares, com a aprovação do empréstimo (medida esta considerada impopular).

Além disso, durante recente reunião em Brasília, o senador Weverton Rocha (PDT) afirmou que o recurso serviria para a recuperação de uma estrada, via "Mais Asfalto"..

Esta não foi a única contradição dinista na entrevista às emissoras. Ao mesmo tempo em que defende o diálogo com o "Governo Federal", o líder do Executivo Estadual por várias vezes creditou à gestão Bolsonaro a crise do governo do Maranhão nas finanças. Segundo Dino, se o Governo Federal "não arrumar a casa", não haverá o que fazer.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte