Política | Cara nova

Luiz Antônio Bonat: um discreto ''curinga'' na base da Lava Jato

Novo julgador tem 25 anos de carreira, e é tido como duro nas sentenças, mas de atuação técnica
Agência Estado05/03/2019

A partir de amanhá, quando o juiz Luiz Antonio Bonat, de 64 anos, voltar das férias para assumir a 13ª Vara Federal, de Curitiba, no lugar do ministro Sérgio Moro, a tendência é a de que a movimentação dos processos da Lava Jato mude de figura. Depois de Moro, a chefia da operação passará a um julgador com 25 anos de carreira, considerado duro nas sentenças, mas de atuação técnica moldada na máquina judicial e marcada pela discrição.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte