Cidades | Feriadão

Ferry-boat já está com passagens esgotadas para o período de Carnaval

Para o período momesco, ações estão sendo preparadas para evitar a superlotação de veículos e garantir reforço policial e orientação de tráfego
Emmanuel Menezes / O Estado27/02/2019
Ferry-boat já está com passagens esgotadas para o período de CarnavalQuem vai passar o carnaval na Baixada Maranhense comprou suas passagens adiantadas para os ferry-boats (De Jesus / O ESTADO)

O Carnaval se aproxima, e o feriadão promete ser cheio para os foliões que buscam as cidades da Baixada Maranhense para aproveitarem os dias de folia. As passagens de ferry-boat de 1º a 6 de março já estão esgotadas para os viajantes que pretendem fazer o itinerário Ponta da Espera/Cujupe ou vice-versa.

O Terminal de Passageiros Ponta da Espera opera com duas empresas - Serviporto e Internacional Marítima -, que fazem 24 viagens diariamente, transportando, em média, cerca de 2.800 pessoas e 450 automóveis. Com os feriados prolongados e datas especiais, como o caso do Carnaval, o número de pessoas transportadas são, em média, 18 mil passageiros e cerca de 1.800 carros, diariamente.

De acordo com a demanda, e conforme Portaria nº 44, de 24 de junho de 2015, as empresas podem realizar 20 viagens extras, obedecendo horários estabelecidos e com intervalos de uma hora, iniciando às 2h e finalizando às 21h.
Glauco Vaz, gerente de Terminais Externos da Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), avalia o fluxo de saídas como esperado para a época. “Tivemos um bom número de passageiros e de veículos fazendo a travessia. Devemos ressaltar que, apesar dos números altos, todas as viagens foram tranquilas em termo de lotação, dado o fato do maior número de viagens e dos ferries, que comportam mais pessoas”, explica.

Ação
Uma força-tarefa para o período do Carnaval foi preparada pela Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), em conjunto com a Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (SMTT), Agência Estadual de Transporte Aquaviário e Mobilidade Urbana (MBO), Detran, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal, além das operadoras de ferry-boat que atuam nos terminais da Ponta da Espera e do Cujupe.

O plano de ação inclui combate à superlotação de veículos (ônibus e vans), reforço policial (com viaturas, motos e apoio de cães farejadores) e orientação de tráfego, blitz de educação no trânsito redirecionamento de fluxo dentro dos terminais, entre outras ações.

Também serão instalados banheiros químicos, sinalização e uma ambulância do Corpo de Bombeiros estará em plantão de sexta-feira a domingo, com três oficiais, no Terminal da Ponta da Espera. Equipes da Emap e da MOB estarão em plantão durante todo o Carnaval para prestar informações e orientar sobre o fluxo para embarque e desembarque.
O objetivo é proporcionar segurança e tranquilidade para as pessoas que atravessam a Baía de São Marcos em direção aos municípios da Baixada Maranhense neste carnaval.

Fiscalização
Segundo informações do Capitão de Mar e Guerra Marcio Ramalho Dutra e Mello, da Capitania dos Portos do Maranhão, equipes de inspetores navais foram escaladas para abordar as embarcações e verificar se os condutores são habilitados pela Marinha e se a habilitação é válida. Também é conferido se a tripulação de segurança para operar a embarcação está completa.

Os inspetores navais verificam se a parte de salvatagem, que diz respeito aos coletes salva-vidas, boias e extintores de incêndio, está completa, bem como se os extintores de incêndio estão carregados e válidos", explica o capitão. Em caso de constatação de infração à Lei nº 9.537 (Lei de Segurança do Tráfego Aquaviário), o proprietário ou preposto da embarcação é notificado a comparecer a capitania no prazo de 8 dias úteis para prestar esclarecimentos.

"Após esse tipo de infração ser verificado, é aberto o Auto de Infração e são aplicadas multas, que variam de R$ 40,00 a R$ 3.200,00, por infração", completa Marcio Ramalho. Além dessas medidas, as embarcações podem ser retidas para cumprimento de exigências ou colocadas fora de tráfego, até que as discrepâncias apontadas sejam devidamente sanadas perante a Capitania dos Portos. Ressalta-se que toda embarcação motorizada só pode ser conduzida por pessoa devidamente habilitada pela Marinha.

Orientações
Informe-se sobre os horários das viagens no site da EMAP (www.emap.ma.gov.br)
Compre os bilhetes com antecedência.
Ao optar pelos serviços dos ônibus é importante chegar a esses terminais com no mínimo uma hora de antecedência. A dica vale também para quem viaja com veículos. Chegar cedo ajuda na organização do embarque e evita atrasos.
Atenção para a lotação de ônibus e vans: só será permitido o acesso de veículos com número de passageiros compatível com a sua capacidade.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte