O Mundo | Repressão

Índio é assassinado por Exército venezuelano na fronteira com o Brasil

Confronto resultou na morte de um índio e dezenas de feridos. Sobreviventes fugiram para lado brasileiro da fronteira
O Estado MA22/02/2019 às 15h01
Índio é assassinado por Exército venezuelano na fronteira com o BrasilDitador Nicolás Maduro ordenou fechamento da fronteira (Reprodução)

Um índio morreu e outros 14 ficaram feridos em Kumarakapay, na Venezuela, em um confronto entre indígenas brasileiros e militares venezuelanos nesta sexta (22). A notícia é da agência de notícias Reuters.

Familiares dos pacientes relataram que militares venezuelanos atacaram os indígenas após pedidos de abertura da fronteira. Os índios esperavam por ajuda humanitária.

Relatos afirmam que o ataque aos índios aconteceu em duas etapas. Na segunda delas militares da Guarda Nacional agiram com força total e alvejaram várias pessoas.

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde de Roraima (Sesau) cinco pacientes chegaram feridos por armas de fogo, acompanhados de uma médica venezuelana. Três deles foram para o centro cirúrgico da unidade e dois recebem atendimento no setor do grande trauma.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte