Estado Econômico

Saber gerenciar o dinheiro é fundamental para os gastos

O cartão pode ser benéfico, quando se estabelece um limite
12/01/2019

Quem quer concretizar sonhos, como a compra da casa própria, viagens, cursos, carro, entre outros, a partir de 2019, precisa estar atento ao gerenciamento do seu dinheiro. De acordo com o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), em números absolutos, estima-se que aproximadamente 63,29 milhões de brasileiros estejam com o CPF restrito para fazer compras a prazo ou contratar crédito.
Especialistas apontam o controle de gastos, saber lidar com as dívidas e fazer investimentos como fundamentais para sair do “vermelho” e ficar no “azul”. A educadora financeira, empresária e consultora Sebrae, Núbia Sousa, explica que é necessário analisar o comportamento do indivíduo, quando ele é consumista e compra por impulso, por exemplo.
“O cartão de crédito, pode ser benéfico, quando se estabelece um limite para comprar baseado no planejamento mensal para destinar os recursos daquele período”, pondera.
Outro educador financeiro, Rânio Gamita, explica que é fundamental planejar o que se ganha. “De forma sustentável, com controle orçamentário, você pode adquirir apenas o que precisa ou gosta dentro da sua realidade própria”, frisa.
Segundo Núbia Sousa que, juntamente, com Rânio Gamita, irá realizar dia 31 deste mês, em São Luís o curso “Gerencie seu dinheiro”, no hotel Stop Way, para fornecer ferramentas às pessoas para administrarem seu dinheiro e estimular o desenvolvimento de habilidades comportamentais, é possível negociar dívidas, pagar custos do mês e ainda investir.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.