Cidades | PROBLEMA

Esgoto estourado abre cratera em via movimentada no bairro Pirapora

Água fétida se acumula no buraco, dificulta o tráfego de veículos e causa prejuízos a comerciantes do local
23/12/2018 às 00h00

SÃO LUÍS – Na Avenida São Carmelo, no bairro Pirapora, uma cratera se formou no meio da via, após o asfalto ter sido deteriorado por causa de um esgoto estourado. Segundo moradores, o cheiro incomoda e, além disso, o risco que os condutores que trafegam pelo local correm é grande, haja vista que acidentes ocorrem frequentemente no local. Quem tem comércio na região, lamenta a falta de cuidado do poder público.

Segundo o proprietário de uma venda de frango instalada em frente a cratera, os prejuízos para o seu negócio têm sido frequentes. “Não é de hoje que a situação está assim. A água do esgoto fica o tempo inteiro empossada nessa cratera que se formou. Agora, que está chovendo, é que o odor tem diminuído, mas isso afeta muito a minha venda, porque os clientes não querem encostar para comprar nada em um ambiente assim”, destacou Luís Henrique Pinheiro, de 48 anos.

Ainda de acordo com o pequeno empresário, a situação se deve à má ligação na rede de esgoto que deveria ser despejado a cerca de 500 metros à frente, na tubulação da Avenida Santos Dumont. “Essa obra é de muito tempo, e não foi concluída direito. Só aqui foram gastados milhões de reais, mas não resolveu nada. E agora, nem a Caema e nem a Prefeitura conseguem fazer uma intervenção correta”, destacou.

O atendente de uma farmácia localizada também nas proximidades do problema, disse que, além do empecilho no meio da via persistir há qualquer serviço que o estado ou município já tenha realizado, a situação não será resolvida, à medida que o esgoto estoura porque os líquidos não têm para onde correr. “Até fezes saem desse esgoto e fica tudo acumulado no meio da rua. Não bastasse isso, risco de acidentes também é uma coisa que os condutores têm que saber lidar”, ressaltou Renan Pinheiro, de 46 anos.

Segundo Pinheiro, vários acidentes já foram registrados na via, que tem fluxo, demasiadamente, intenso, já que trata-se de uma via que interliga duas avenidas da capital. “Frequentemente acontece acidentes por causa dessa cratera. Quando os motoristas percebem o buraco, muito bem. Mas quando é o contrário, não se pode fazer muita coisa”, elencou. “Já houve várias batidas entre carros no local, e é muito perigoso”. Para piorar a situação, a cratera formada pelo bueiro estourado encontra-se na descida/subida de uma ladeira.

O Estado manteve contato com a Prefeitura de São Luís e a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) para indagar as medidas que estão sendo tomadas para solucionar a situação denunciada por quem reside/trabalha no local, e ambas enviaram nota informando que o problema estaria sanado até o dia 17, o que não aconteceu segundo moradores da área.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte