Polícia | Presa

“Val da Camboa” é condenada a 11 anos de reclusão

Valdirene Pereira, de 36 anos, é acusada ainda de comandar uma facção criminosa com atuação nos bairros Camboa, Liberdade e no centro de São Luís
Daniel Júnior 07/12/2018
“Val da Camboa” é condenada a 11 anos de reclusãoValdirene Pereira que foi presa ontem e conduzida para Pedrinhas (Valdirene)

São Luís – Valdirene Pereira, de 36 anos, conhecida como “Val da Camboa”, foi condenada a uma pena de 11 anos de prisão, pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e lavagem de dinheiro, que deverá ser cumprida na Penitenciária de Pedrinhas, em regime fechado. Val foi presa ontem, no bairro da Camboa, em São Luís, por equipes da Superintendência de Investigações Criminais (Seic), em cumprimento ao mandado de prisão por sentença condenatória expedido pela 1ª Vara de Entorpecentes da Comarca da capital maranhense.

De acordo com a polícia, Val reponde ainda a dois processos pelos crimes de tráfico ilícito de drogas e organização criminosa, e é suspeita de integrar uma facção criminosa com atuação nos bairros da Camboa, Liberdade e Centro de São Luís.

SAIBA MAIS:

Durante uma operação conjunta das polícias Civil e Militar de combate a crimes praticados por uma facção criminosa que atua no bairro da Liberdade, em São Luís, em março deste ano, Val havia sido presa suspeita de ter envolvimento com o bando. Durante a ação, policiais apreenderam drogas e armas de uso restrito roubada de um policial militar.

Val também havia sido presa em março de 2017. Segundo informações da polícia, ela era uma das “cabeças” do tráfico de drogas e de facções criminosas que atuam dentro de um condomínio do Programa de Aceleração do Cres cimento (PAC), do bairro Camboa, conhecido como Carandiru.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte