Geral | Telelemedicina

Médicos aprovam usar Whatsapp no relacionamento com paciente

Pesquisa mostra que 42% das conversas é sobre dúvidas entre consultas; 72,29% concordam com a afirmação que “a tecnologia não vai substituir o médico, apenas substituirá o médico que não usa tecnologia”
05/12/2018

SÃO PAULO - Pesquisa feita com médicos paulistas aponta que 85,02% aprovam o uso do Whatsapp e outros aplicativos de mensagem instantânea no relacionamento com seus pacientes. O estudo sobre o uso de novas tecnologias na medicina, apresentado ontem na capital paulista, foi encomendado pela Associação Paulista de Medicina e pela Global Summit Telemedicine & Digital Health. A pesquisa foi feita com questionário on-line estruturado e teve 848 respostas espontâneas.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2018 - Todos os direitos reservados.