Política | Vídeo

Lewandowski manda prender advogado que criticou STF

Fato aconteceu dentro de voo da Gol na manhã desta terça-feira (4)
José Linhares Jr04/12/2018 às 16h18
Lewandowski manda prender advogado que criticou STFDivulgação

oto[1434746006-533139939.jpg|Ministro Ricardo Lewandowski não gostou de críticas/]

O ministro Ricardo Lewandowski solicitou hoje que a Polícia Federal (PF) prendesse um passageiro após críticas contra o Supremo Tribunal Federal (STF) em um voo da gol. O advogado Cristiano Caiado de Acioli, de 39 anos, foi retido pela PF após exigência do ministro.

O fato inusitado aconteceu no voo G3 1446, da Gol, que deixou o Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, às 10h45, e aterrissou no Aeroporto Internacional de Brasília às 12h50, com 20 minutos de atraso.

Confira o vídeo:

O advogado é filho da subprocuradora-geral da República aposentada Helenita Amélia Gonçalves Caiado de Acioli. Caiado ficou detido no avião até as 13h20 por ordem de agentes da Polícia Federal.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2018 - Todos os direitos reservados.