Polícia | Mistério

Polícias civis do MA e SP divergem sobre caso Taina

Delegado de São Paulo disse ter sido informado de que suspeito de sequestrar a jovem e sua filha foi preso no Maranhão; Seic desconhece
Daniel Júnior 03/12/2018

A Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Sorocaba (SP) informou que Luís Fernando Lourenço, suspeito de sequestrar a jovem de Pilar do Sul (SP) Taina Queiroz, de 18 anos, e a filha dela de oito meses, Sofia Helena da Silva, havia sido preso em São Luís, no último sábado, dia 1°. Por outro lado, a Polícia Civil do Maranhão, por meio do gestor da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), Carlos Alessandro, disse não saber de nenhuma prisão no Estado, relacionada a esse caso.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2018 - Todos os direitos reservados.