Esporte | Novo "homem gol"

Novo atacante do Moto vive “seca” após formar dupla com destaque do Palmeiras

Danilo Galvão, que fez sucesso em 2013 ao lado de Keno, destaque do atual campeão brasileiro em 2017, chega ao Papão com apenas dois gols no ano
Eduardo Lindoso / O Estado26/11/2018 às 17h47
Novo atacante do Moto vive “seca” após formar dupla com destaque do PalmeirasDanilo Galvão durante sua passagem pelo Nacional (AM) (Divulgação / Antônio Assis/FAF)

SÃO LUÍS – Contratado para ser o “homem gol” do Moto Club na próxima temporada, o atacante Danilo Galvão, de 27 anos, chega em baixa na carreira. Com a responsabilidade de substituir Val Barreto, um dos artilheiros da equipe rubro-negra nesta temporada, o centroavante paraense marcou apenas dois gols nos últimos três anos. Com passagens apagadas nas últimas temporadas por Nacional (AM), Tuna Luso (PA) e Botafogo (PB), Danilo teve seu melhor momento em 2013, quando brilhou no Águia, de Marabá, sua cidade natal, sendo um dos artilheiro do Paraense daquele ano. No melhor ano da sua carreira Danilo formou dupla com Keno, atacante que ganhou projeção internacional depois de se destacar no Palmeiras.

Com oito gols, em 15 jogos, em sua passagem recente pelo Moto, Val Barreto deixou o clube e se transferiu para o Jataiense (GO). Como Ricardo Maranhão e Diego Vitor, que são atacante que jogam pelo lado do campo, não fazem a função, a diretoria rubro-negra foi buscar Danilo Galvão para a posição.

Com passagens, no início da carreira por clubes da Bahia, Danilo ficou conhecido no futebol profissional quando atuou pelo Águia, em 2013. Em 20 jogos, ele fez 21 gols e foi um dos goleadores do Campeonato Paraense. Desde então, ele atravessa uma grande “seca” de gols. Logo depois de sua passagem brilhante pelo Águia, o centroavante se transferiu para o Paraná, onde não teve sucesso. No ano seguinte, voltou para o Águia e, com apenas quatro gols em 12 jogos, viu sua equipe cair para Segunda Divisão do paraense, competição que Danilo viria a ser campeão no ano seguinte, no mesmo Águia.

As temporadas seguintes por Botafogo (PB), ASA (AL) e novamente o Águia, em 2016, foram marcadas por poucos gols e poucos jogos.

Parceria com atacante famoso

Em sua passagem pelo Águia, Danilo Galvão formou dupla como o atacante Keno, que depois viria a fazer sucesso no time do Palmeiras. Neste campeonato estadual do Pará de 2013, Keno sete gols, em 20 jogos. A mesma dupla foi formada em 2014 no Paraná, mas não deu muito certo.

Keno seguiria para o Santa Cruz, clube que em 2016 serviria de trampolim na sua carreira, depois de disputar um Brasileirão como destaque da equipe de Pernambuco. Danilo seguiu para o Águia e não teve o mesmo sucesso.

Keno joga atualmente no Pyramids SC, do Egito, clube para o qual se transferiu por mais de R$ 37 milhões.

Danilo Galvão deve se apresentar no Moto Club ainda esta essa semana para iniciar a pré-temporada do Moto Club, que começa no próximo sábado (1º).

O novo atacante vai ter a chance de disputar em 2019 o Campeonato Maranhense, a Copa do Brasil, a Série D do Brasileiro e a Copa do Nordeste.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2018 - Todos os direitos reservados.