Conscientização ambiental

Mais de 45 toneladas de resíduos sólidos são recolhidas em praias

Atividades aconteceram neste fim de semana nas praias do Calhau, Caolho e Olho d’Água, como parte da ação Clean Up The World; objetivo é conscientizar a população sobre os danos causados pelo descarte indevido de lixo

Thiago Bastos / O Estado

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h29

[e-s001]Ações de conscientização realizadas no sábado (15) e domingo (16) na orla da Ilha recolheram, de acordo com os organizadores, mais de 45 toneladas de resíduos sólidos que foram descartados irregularmente na faixa de areia. As atividades, organizadas pela Prefeitura de São Luís e entidades ligadas à conscientização ambiental tiveram como objetivo alertar as pessoas acerca dos danos causados a si mesmas pelo lixo descartado de maneira irregular.

Ontem (16) pela manhã, entidades como Corpo de Bombeiros, grupos de escoteiros, membros do Greenpeace e de associações de surfistas promoveram mais um Clean Up The World – iniciativa realizada em 130 países e que mobiliza anualmente mais de 30 milhões de pessoas no mundo. No total, segundo os organizadores, cerca de meia tonelada foi recolhida em pouco mais de duas horas. Os participantes – cerca de 500 no total – percorreram aproximadamente dois quilômetros de faixa de areia e recolheram desde garrafas pet a pedaços de papel e até restos de eletrodomésticos.

De acordo com Rogério Verde, representante da Associação dos Surfistas da Praia do Olho d’Água e um dos organizadores do Clean Up na Ilha, a ação tem como eixo a educação e a conscientização das pessoas. “É importante que as pessoas vejam, na prática, o quanto um ato nocivo como jogar lixo na rua e, em especial, em um espaço que deveria ser como este de preservação ambiental, causa nas pessoas. É por isso que estamos aqui para chamar a atenção de todos”, disse.

[e-s001]Além de adultos, jovens e crianças também integraram a mobilização. Uma delas foi Letícia Lima, de apenas 7 anos. “Eu sei desde cedo, pelo que a minha professora ensinou na escola, o quanto é ruim jogar lixo na rua. É por isso que estou aqui”, disse.
O engenheiro elétrico Isaac Lauda trouxe a filha dele, Ana Luiza (de apenas 3s anos) para participar da ação. “Eu quero que ela [a filha] aprenda desde cedo a importância de se preservar a natureza”, afirmou.

Eu quero que ela [a filha] aprenda desde cedo a importância de se preservar a natureza” Isaac Lauda, engenheiro elétrico

Ação da Prefeitura
Na manhã de sábado (15), a Prefeitura realizou Dia D de mobilização pelo Dia Mundial da Limpeza. De acordo com a assessoria municipal, todo o montante coletado durante a mobilização somou quase 45 toneladas de resíduos entre recicláveis e orgânicos recolhidos em apenas duas horas, tempo que durou a ação.

O público concentrou no trecho de prolongamento da praia de onde partiram até o parquinho. Além da ação dos agentes de limpeza e voluntários, máquinas de remoção se somaram à atividade de coleta. Participaram da ação estudantes de escolas da rede pública municipal, entidades da sociedade civil, órgãos públicos e frequentadores da praia.

SAIBA MAIS

De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU) Meio Ambiente, a cada ano, oito milhões de toneladas de plástico vão parar nas águas dos oceanos, levando 100 mil animais marinhos à morte, em média. Ainda segundo a ONU Meio Ambiente, até 2050 pode haver mais plástico que peixes nos mares. A situação pode aumentar ainda mais a escassez de alimento no mundo, além de afetar a economia de regiões que dependem da indústria da pesca.

[e-s001]Ação do sábado

Estudantes da rede pública municipal mostraram animação no evento ambiental realizado no sábado pela Prefeitura de São Luís. Os jovens se juntaram ao público e participaram ativamente da ação de limpeza na orla de São Luís.Victor Gabriel Pereira, 15 anos, que cursa a 8° série na U.E.B. Professor Nascimento de Moraes, era um dos mais empolgados. "A gente tem que ser exemplo e ajudar a manter limpas nossas praias. Se todo mundo fizer isso todo dia, a gente não vai ter praia suja. Eu e meus amigos estamos aqui para ajudar e somar", disse o jovem.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.