Vida | Solidariedade

Campanha de doação de sangue é encerrada com homenagens

Ação foi desenvolvida pelo Grupo Mercúrio - conglomerado de mais de 10 empresas que atuam em diversos setores da saúde; as 811 bolsas de sangue coletadas foram doadas para o estoque do Hemomar
Daniel Júnior / O Estado07/09/2018
Jairon Dias, do Comercial de O Estado, recebe de Paulo Braid, presidente do Grupo Mercúrio, a homenagem

Com um total de 811 bolsas de sangue arrecadadas durante a sua "III Campanha de Doação de Sangue", o Grupo Mercúrio (conglomerado de mais de 10 empresas que atuam em diversos setores da saúde) encerrou ontem a ação com homenagens às organizações e instituições que apoiaram o projeto, que durou um mês e meio, realizado entre os dias 16 de julho a 31 de agosto. O sangue coletado foi doado para o estoque do Centro de Hematologia do Maranhão (Hemomar). A celebração foi realizada em um hotel no Calhau, em São Luís.

“Ficamos muito felizes com o resultado obtido no fim dessa campanha. É um ato de cidadania e solidariedade ao próximo. O nosso objetivo é ajudar a salvar vidas, contribuindo com o estoque de sangue do Hemomar. Próximas virão e vamos ultrapassar esse número. Sempre superar”, afirmou Paulo Braid Ribeiro, presidente do conselho administrativo do Grupo Mercúrio.
As doações de sangue foram feitas por colaboradores, fornecedores e familiares do grupo empresarial, além da comunidade em geral. Uma equipe de doação externa do Hemomar esteve em diversos locais, para fazer a coleta sanguínea.

Paulo Braid, presidente do Grupo Mercúrio, entrega placa à jornalista Eveline Cunha, da TV Mirante

“Em primeiro lugar, eu agradeço a parceria do grupo e toda a sociedade pela sensibilização em relação ao estado crítico do estoque de sangue do Hemomar. Foi uma campanha excelente e que melhorou muito o nosso estoque. Mais de 800 bolsas de sangue. Não é sempre que conseguimos uma quantidade dessa. Lembrando que as pessoas podemo ir ao Hemomar e fazer doações”, ressaltou Valma Costa, coordenadora de coleta externa do Hemomar.

Por sua constante cobertura jornalística, O Estado foi uma das empresas premiadas no evento. A homenagem foi entregue a Jairon Dias, do Comercial do jornal. A TV Mirante também foi homenageada, representada pela jornalista Eveline Cunha.
“Doação de sangue é um tema importante e que deve ser sempre explorado pelos veículos de comunicação. É um ato que contribui para salvar vidas e merece destaque nas páginas dos jornais. Por isso realizamos diversas reportagens sobre o assunto e, em nome do jornal, agradeço o prêmio de reconhecimento”, disse Daniel Matos, chefe de Reportagem de O Estado, presente ao evento.

Plínio Tuzollo, diretor-geral do Hospital São Luís e coordenador da campanha, agradeceu parcerias

PARA DOAR

De acordo com o Hemomar, os doadores devem apresentar documento oficial, com foto, expedido por órgão público; estar bem de saúde; ter entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos, e menores só doam mediante autorização do responsável maior de idade; pesar acima de 50 kg; dormir bem nas últimas 24 horas; não estar em jejum; não ingerir bebidas alcoólicas 12 horas antes da doação e não ter se exposto a situação de risco que favoreça a contaminação por doenças transmissíveis pelo sangue, como permanência em prisões, uso de drogas injetáveis, vida sexual promíscua e outras.

Fique por dentro

O corpo de uma pessoa possui em média cinco litros de sangue. Na doação, a quantidade coletada é de 450 ml. Toda pessoa saudável por doar sangue sem prejuízo à saúde, com intervalo de 90 dias para as mulheres e 60 dias para os homens.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte