Esporte | Comemoração

Sampaio comemora conquista do Nordestão com grande carreata

A carreata, que começou depois das 17h, se concentrou na entrada de São Luís e seguiu pela Cohab, Turu e Calhau e terminou na Avenida Litorânea
10/07/2018
Sampaio comemora conquista do Nordestão com grande carreataJogadores e torcedores do Sampaio fazem muita festa pela conquista inédita da Copa do Nordeste 2018 (De Jesus / O ESTADO)

SÃO LUÍS - As comemorações da Bolívia Querida pela conquista da Copa do Nordeste vararam a madrugada em Salvador. Após a celebração no gramado da Fonte Nova, jogadores, diretoria e comissão técnica festejaram o título no hotel em que a delegação estava hospedada. Em São Luís, a festa começou no Aeroporto Hugo da Cunha Machado, na madrugada de ontem e teve seguimento à tarde, no Parque José Carlos Macieira, com a apresentação da taça e dos jogadores. Em seguida, uma carreata partiu da entrada de São Luís e terminou na Avenida Litorânea, com show de Gargamel e Banda.


A carreata, que teve início depois das 17h, se concentrou na entrada de São Luís e seguiu pela Cohab, Turu e Calhau e terminou na Avenida Litorânea. Os jogadores bolivianos, a comissão técnica e a taça da Copa do Nordeste desfilaram em carro do Corpo de Bombeiros, seguidos por centenas de torcedores, que enfeitaram seus carros e motocicletas com a bandeira do Sampaio. No fim, o trio elétrico do Gargamel e Banda comemorou muito a conquista do título inédito.


O presidente do Sampaio Corrêa, Sérgio Frota, é o maior vencedor da história do clube maranhense. Ele não conseguiu esconder a felicidade após a conquista da Copa do Nordeste, neste sábado, com o empate sem gols diante do Bahia, na Arena Fonte Nova, em Salvador.
A euforia pela conquista inédita do título da Copa do Nordeste tomou conta desde a madrugada de ontem. A torcida tricolor invadiu o aeroporto de São Luís para receber os campeões, que chegaram exatamente às 2h15, e transformou as dependências do Cunha Machado num verdadeiro caldeirão.


Torcedores de várias idades marcaram presença, sem se importar com o horário. Queriam tocar a taça da Copa do Nordeste, tirar fotos com os campeões ou simplesmente só olhar e curtir o momento.


Jogador mais festejado pela torcida, o goleiro Andrey, considerado o craque da competição, não desgrudava da taça e explodia de felicidade a cada canto entoado no aeroporto.
Alguns jogadores ficaram sem as camisas, outros eram puxados pelo e a maioria se juntava à imensa torcida tricolor para cantar, sorrir e celebrar.


No comando da Bolívia Querida há 12 anos, Sérgio Frota conquistou seu 13º título e pediu que o Sampaio Corrêa seja mais respeitado, lembrando que o clube tem conquistas importantes na sua história, como as Séries B, C e D do Brasileiro, além da extinta Copa Norte. "O Sampaio tem que ser respeitado, pois já foi campeão da Série D, da Série C e da Série B, além da Copa Norte. Esse é o 13º título da minha administração. É um momento de alegria", comemorou.


Reconhecimento


Sérgio Frota fez questão de parabenizar todo mundo que participou da campanha vitoriosa do Sampaio Corrêa, mas destacou dois personagens: o técnico Roberto Fonseca e o goleiro Andrey. Esse último foi um dos grandes responsáveis pelo título. "Quero parabenizar todo o grupo, a comissão técnica na pessoa do Roberto Fonseca, e elogiar também o Andrey. Hoje é um dia para comemorar e na próxima semana pensamos na Série B, onde estamos em uma situação desconfortável, mas nós vamos sair", comentou.
O técnico do Sampaio, Roberto Fonseca, comemorou muito o título da Copa do Nordeste. Contratado no início de maio para substituir Francisco Diá, o treinador chegou a São Luís sem nenhuma projeção de título na temporada, muito pelo contrário: o clube já brigava contra a zona de rebaixamento da Série B do Campeonato Brasileiro. Quase dois meses depois, o comandante não escondeu a felicidade. “É importante no currículo, na vida profissional, jogão diante de 40 mil pessoas. Ganhou aquele que fez por merecer. Fizemos 1 x 0 dentro de casa. Parecia pouco, mas soubemos administrar”. Fonseca chegou e, dentro de casa, venceu o Vitória nas quartas de final, depois o ABC na semi e o Bahia na final. Longe dos seus domínios, também mostrou muita qualidade para resistir à pressão dos times adversários.


Analisando o jogo, Roberto ainda destacou o empate com o Bahia dentro da Arena Fonte Nova. “A gente sabia das dificuldades. Faltou encaixar melhor o contra-ataque. Eu não coloquei o time para trás, coloquei o time pra marcar na frente. Você tem que ser mortal e faltou isso. Mas hoje não é dia de cobrar, é dia de comemorar porque somos campeões do nordeste. Segunda-feira (9) a gente pensa em outra coisa”, disse.


Com o título da Copa do Nordeste, o clube garante uma vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil de 2019, além de uma gorda premiação de quase R$ 6 milhões.


Com o título, o Sampaio Corrêa fez história como o primeiro clube do Maranhão a levantar a taça da Copa do Nordeste. Além da estrela no peito, o clube leva para casa R$ 3,375 milhões de premiação, sendo R$ 1,5 milhão só da final. O Bahia já tinha R$ 2 milhões da campanha, somados aos R$ 600 mil do vice. Com a vaga garantida nas oitavas, o Sampaio também já pode contar com R$ 2,5 milhões da Copa do Brasil.


O Sampaio ainda receberá um dinheiro extra pela venda de Jonas por cerca de R$ 9 milhões ao Al-Ittihad-ARA. O atleta, que era do Flamengo, assinou um contrato com o Tricolor, no qual ele tem direito a 15% do valor de uma futura venda do atleta. Com isso, o Sampaio tem algo em torno de R$ 1,3 milhão a receber do negócio. Jonas deixou o Sampaio em 2015, à época sendo pretendido por várias equipes do Brasil. O jogador acabou negociado com o Flamengo pelo valor de R$ 2,5 milhões. O volante piauiense assinou com o Al-Ittihad por três temporadas. Jonas foi apresentado ontem no clube árabe.


Com o título da Copa do Nordeste, no Sampaio, agora, o foco é exclusivo na Série B do Campeonato Brasileiro, em que se encontra na 16ª colocação - é o primeiro time fora da zona de rebaixamento, com 15 pontos e tem um jogo atrasado com o Juventude, marcado para o dia 17 (terça-feira), às 20h30, no Estádio Castelão. Antes, o Tricolor joga com o CSA (AL), nesta sexta-feira (13), às 21h30, no Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL).

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte