Vida | Beleza

Acne é problema também na idade adulta, diz especialista no assunto

Saiba como se prevenir e tratar o problema que pode estar associado ao fotoenvelhecimento, alterações hormonais ou agentes externos
01/07/2018 às 07h20
Acne é problema também na idade adulta, diz especialista no assuntoNa fase adulta, a acne está associada ao fotoenvelhecimento, resultado da exposição solar excessiva (Divulgação)

SÃO PAULO - Quem pensa que acne é coisa de adolescente está muito enganado! Trata-se de um problema muito frequente também na vida adulta e em pacientes que sequer sofreram com ele quando mais jovens. Segundo a médica Paula Bellotti, membro efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia, na fase adulta, a acne apresenta características totalmente diferentes e, geralmente, vem associada ao fotoenvelhecimento, resultado da exposição solar excessiva.

“Ela também pode estar relacionada a agentes externos, como o uso de cosméticos inadequados, geralmente muito oleosos e que acabam obstruindo as glândulas sebáceas; ao uso de medicamentos sistêmicos; oleosidade excessiva; alterações hormonais; problemas na tireóide; alergias a determinados alimentos e até estresse”, explica a médica.

De acordo com a dermatologista, a acne pode ser controlada e até resolvida, desde que o paciente recorra a um especialista, que irá prescrever o tratamento mais indicado para cada caso, envolvendo desde o uso de medicamentos orais e tópicos até procedimentos em consultório, como peelings superficiais e lasers fracionados.

“Quanto mais cedo o paciente iniciar o tratamento adequado, menores as chances de ele ficar com aquelas cicatrizes de acne, que incomodam tanta gente”, declara Paula Bellotti.

Confira algumas dicas de prevenção:

- Evite lavar o rosto várias vezes ao dia, o que provoca o chamado ‘efeito rebote’, aumentando a oleosidade da pele e piorando o problema;

- Jamais esprema ou cutuque as lesões. Esse mau hábito pode inflamar e infeccionar a pele, agravando muito o quadro;

- Não exagere no uso de cosméticos para disfarçar o problema. Eles podem entupir os poros e também piorar o aspecto das lesões;

- Evite se expor ao sol sem proteção na tentativa de ‘secar’ as espinhas. Isso pode até acontecer num primeiro momento, mas depois a acne volta e ainda pior, porque vem acompanhada das manchas e envelhecimento provocados pelo sol;

- Prefira sempre os cosméticos em gel e filtros solares oil free.


Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte