Geral | Certame em xeque

Justiça proíbe provimento de vagas em concurso da PMMA

De acordo com decisão da Vara de Interesses Difusos e Coletivos, 5% do total geral das vagas para 1º Tenente e soldado não devem ser ocupadas
Thiago Bastos / O Estado28/04/2018

SÃO LUÍS - A Justiça, por meio da Vara de Interesses Difusos e Coletivos, determinou a proibição de provimento de vagas no concurso da Polícia Militar do Maranhão, organizado pelo Governo do Maranhão. De acordo com o juiz Douglas de Melo Martins, autor do despacho, a decisão protege os direitos das pessoas com deficiência, aprovados em outras etapas do certame e que, segundo ele, não foram chamados para participação no Curso de Formação.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte