Estado Maior

Outro projeto

03/01/2018

Cada vez que fala sobre seu projeto eleitoral para 2018, o governador Flávio Dino (PCdoB) mostra, mais claramente, pouco interesse nas pré-candidaturas de senador dos deputados federais José Reinaldo Tavares (PSB), Waldir Maranhão (Avante) e Eliziane Gama (PPS). Em uma de suas últimas falas, o comunista chegou mesmo a dizer que cabe a eles se viabilizarem eleitoralmente, além de convencer, eles próprios, seus adversários a apoiá-los.
Dino dá cada vez mais sinais de que seu interesse é outro projeto senatorial em seu grupo. Desde novembro, ele declarou publicamente o apoio ao também deputado federal Weverton Rocha (PDT). A mídia alinhada ao Palácio dos Leões chegou a anunciar que o comunista faria o mesmo em relação ao ex-governador José Reinaldo, o que foi desmentido esta semana.
Pelo que se depreende dos seus próprios movimentos, Flávio Dino não pretende ter nem José Reinaldo, muito menos Waldir Maranhão e Eliziane Gama como outro de seus candidatos a senador. Se pretendesse, já teria anunciado algum deles, a exemplo do que fez com Weverton Rocha. Mesmo por que, se depender de viabilização política, José Reinaldo já demonstrou apoio da maioria dos prefeitos; e se o critério for viabilização eleitoral, Eliziane ocupa o primeiro lugar entre os candidatos de sua base.
Mas o comunista pretende tirar alguém do colete para a disputa. Fala-se nos bastidores no nome do deputado Bira do Pindaré (PSB), um dos seus aliados mais próximos; ou mesmo alguém de fora da política, mais alinhado ao setor jurídico, de onde o próprio Dino é oriundo. O governador estabeleceu o mês de março para tomar a decisão.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte