Fogo

Famílias que tiveram casas incendiadas recebem apoio

Cerca de 20 casebres foram totalmente destruídos no bairro Fé em Deus, por um incêndio causado por um curto circuito; Prefeitura esteve no local para atendimento de necessidades imediatas dos atingidos

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h33
Dos casebres incendiados na tarde  sábado, na Fé em Deus, restaram apenas cinzas e o prejuízo para os moradores que perderam tudo
Dos casebres incendiados na tarde sábado, na Fé em Deus, restaram apenas cinzas e o prejuízo para os moradores que perderam tudo (incendio)

A Prefeitura de São Luís informou ontem que a Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas) está providenciando a inclusão, em aluguel social, das famílias atingidas por incêndio que destruiu, na tarde de sábado, 30, cerca de 20 casebres no bairro Fé em Deus, próximo à ponte Quarto Centenário.
Ontem, equipes da Defesa Civil e da Semcas retornaram ao local para dar prosseguimento ao atendimento iniciado no sábado, 30, quando foram providenciadas cestas básicas, água, redes, entre outros itens, para atender as necessidades imediatas das famílias.

Auxílio
As famílias estão sendo direcionadas para a unidade do CRAS da região, onde continuarão a receber todo auxílio da Prefeitura. No caso do aluguel social, deverá se estender até que as mesmas sejam contempladas por moradia, por meio de programas de habitação.
O incêndio teria sido provocado por um curto circuito em um dos barracos, que por serem de madeira, erguidos sobre uma área de maré, facilitou a propagação do fogo. Todos os atingidos perderam tudo. A Semcas também está providenciando a emissão da segunda via dos documentos daqueles que perderam.
O Corpo de Bombeiros (CBMA) foi até o local para apagar as chamas, que assustaram as centenas de famílias que vivem no bairro. Após a equipe controlar as chamas, os bombeiros fizeram o rescaldo de áreas com material inflamável onde havia risco de mais incêndio.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.