Cidades | Menos doença

Casos de malária tiveram redução de 70% no estado

Com o fim das chuvas, o mosquito transmissor deve se reproduzir menos, e com isso o estado deve encerrar o ano de 2017 com número bem menor de casos da doença em comparação a 2016
15/08/2017

O Maranhão reduziu em mais de 70% os casos registrados de malária de 2016 a 2017. O total, em 7 meses, representa apenas 26% do que foi registrado no ano passado, segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde (SES). Como o período de chuvas mais intensas já acabou, o mosquito transmissor da doença deve se reproduzir menos, e com isso o estado deve fechar 2017 com um número menor de casos da doença em comparação a 2016. Entretanto, é preciso continuar atento às formas de prevenção.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte