Cidades | Atendimento

Assembleia aprova nova utilização de área da antiga Expoema

Mesa Diretora aprovou construção e implantação de um hospital de urgência e emergência ou uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA)
Agência Assembleia10/02/2017 às 07h57
Assembleia aprova nova utilização de área da antiga ExpoemaEspaço da antiga Expoema (Biaman Prado / O ESTADO / Arquivo)

SÃO LUÍS - A Mesa Diretora da Assembleia Legislativa aprovou, na sessão desta quinta-feira (9), indicação pedindo que seja encaminhado expediente ao governador Flávio Dino (PCdoB) solicitando providências no sentido de determinar, por meio da Secretaria Estadual de Saúde (Ses), a construção e implantação de um hospital de urgência e emergência ou uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), na área da antiga Exposição Agropecuária do Maranhão (Expoema), em São Luís.

Justificando o pedido, Francisca Primo lembrou que aquele local será utilizado pelo governo do Estado para a construção de 2.048 unidades residenciais aos servidores públicos estaduais. Além disso, aquela região - que compreende a Zona Rural 1, da capital - abrange mais de 85 comunidades que são carentes de serviços públicos, tanto de infraestrutura como de atenção básica de saúde. “Esta obra irá beneficiar os moradores tanto do condomínio que será construído como, também, a todos os moradores da Zona Rural 1”, afirmou a deputada, autora do pedido.

Ela destacou ainda que a construção da unidade de saúde amenizará o fluxo de atendimento nas UPA’s do Maracanã e da Cidade Operária, locais distantes e de difícil acesso para aqueles moradores carentes que não têm como se deslocar até as mesmas para serem atendidos. “Peço que seja dada uma atenção especial para esta construção, pois lá existe espaço suficiente para ser compartilhado sem prejuízo ao projeto do governo, para a construção e implantação desse hospital de média complexidade ou de uma unidade de pronto atendimento”.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte