Alternativo | Animação

Após CD, Zeca Baleiro lança DVD “A viagem da família Zoró”

O registro audiovisual reúne um time de animadores e músicos em trabalho voltado para o público infantil
25/09/2016 às 07h12
Após CD, Zeca Baleiro lança DVD “A viagem da família Zoró”Zeca Baleiro divulga DVD voltado para o público infantil

O universo lúdico e irreverente criado por Zeca Baleiro em "Zoró", seu primeiro projeto infantil, ganha uma nova plataforma. O DVD de animação "A viagem da família Zoró" mostra um passeio de férias de um casal com seus dois filhos. No trajeto, histórias, conversas e brincadeiras vão possibilitando a aparição de uma bicharada muito esquisita. Entre outros, ganham clipes de animação a "Onça Pintada", "A Serpente que Queria Ser Pente", a "Girafa Rastafari" e "O Ornitorrinco".

“Durante a gravação do CD "Zoró [bichos esquisitos]" (2014) surgiu a ideia de fazer animações para algumas canções e também a vontade de explorar novos formatos de distribuição. "O projeto se estendeu para 11 clipes e a experiência ficou tão legal, que acabamos criando um aplicativo e agora o DVD. Adoro animação e adorei me envolver com esse mundo. Criei os personagens da família Zoró e chamei amigos atores para dublar", conta Baleiro.

Com criação e roteiro de Zeca Baleiro, o DVD "A viagem da família Zoró" reúne as vozes de Danilo Grangheia (Pai Zoró), Thais Pimpão (Mãe Zoró), Débora Dubois (Irmã Zoró) e do próprio Zeca Baleiro (Zoró), com animação de Marcos Faria, que também assina três clipes. Outros grandes animadores brasileiros participam do DVD como Catapreta, Marcelo Presotto, Dani Libardi, Deeper e Marcelo Amiky, além do argentino Tomas Rajlevsky, do Wake Studio.

Com a participação de um dream team de músicos multi-instrumentistas na gravação das canções, "A viagem da família Zoró" ainda traz entre os convidados Blubell, MPB4 e MC Gaspar.

Artista

Artista plural, Zeca Baleiro construiu uma carreira sólida, sempre surpreendendo público e crítica a cada trabalho. O que muita gente não sabe é que sua carreira começou no teatro infantil, aos 18 anos, em São Luís (MA). Baleiro fazia trilhas para clássicos do teatro e da literatura infantis.

Entre 1998 e 2000 tornou-se pai de Vitória e Manuel, e a partir daí passou a compor compulsivamente para os filhos, acumulando um repertório de mais de 60 canções. Desde então, planejou a gravação de "Zoró", disco infantil em dois volumes - o primeiro, todo dedicado a "bichos esquisitos", e o segundo com temas diversos, dedicado a "malucagens e molequices", que será gravado em breve.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte