Jogos eletrônicos

Maratona de Jogos eletrônicos reúne enturiastas na UFMA

Nordevs Game Jam visa a troca de experiências no processo de criação

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h46

Produzir um jogo num curto espaço de tempo e proporcionar a troca de experiências entre estudantes, pesquisadores e entusiastas da área de desenvolvimento de jogos. Estes são os objetivos principais da Nordevs Game Jam, primeira maratona de jogos do Nordeste, que está acontecendo no Núcleo de Computação Aplicada (NCA) do Centro de Ciências Exatas e Tecnologia (CCET) da Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

O evento está ocorrendo simultaneamente em seis estados, Maranhão, Piauí, Ceará, Paraíba, Rio Grande do Norte e Bahia. O Nordevs Game Jam é resultado da ação do Grupo de Desenvolvedores de Jogos do Nordeste (NorDevs), coordenada pela Associação Maranhense de Desenvolvedores de Jogos (AMAGames) e do apoio do Núcleo de Computação Aplicada (NCA) da UFMA. Apesar de ser a primeira vez que a maratona acontece integrando os estados nordestinos, São Luís já realizou outras maratonas do Nordevs Game Jam.

De acordo com Sidney Araújo Melo, aluno do curso de Ciência da Computação da UFMA e diretor executivo da AMAGames, o propósito da Game Jam é integrar e fortalecer os programadores de jogos do Nordeste. Ele também informou que, baseada em Game Jam globais, surgiu a ideia de promover um evento só para o Nordeste. Então, em conjunto aos representantes de cada estado, a Nordevs foi formada.

“Esse evento busca principalmente reunir os desenvolvedores e chamar atenção daqueles que têm curiosidade sobre o processo de desenvolver um jogo, mas não têm muita familiaridade ou que nunca tiveram oportunidade de participar de uma equipe. Aqui será o momento para adentrar esse ambiente, trocando experiência com pessoas mais ou menos experientes, testar novos papéis no procedimento e também experimentar ideias e tecnologias novas”, explica Sidney Araújo Melo.

A primeira fase presencial aconteceu esse fim de semana, quando foi divulgado o resultado da votação do tema. “Os jogos produzidos durante a maratona tem que ter o vento como tema”, informa Sidney Araújo Melo. Durante esse fim de semana também foi divulgado o “keinorte”, que é o vídeo de boas vindas e abertura e foram formadas as equipes de trabalho. “Cada equipe está trabalhando em um jogo, mas elas têm liberdade para criar quantos jogos quiserem”, explica Sidney Araújo Melo.

De 29 a 31 de julho, acontecerá a finalização e submissão dos jogos. “Após isso, os jogos serão disponibilizados para teste do público e depois selecionaremos alguns destes jogos que serão aperfeiçoados e lançados no mercado em forma de pacote. Isso deve ocorrer cerca de três meses depois do fim dos testes”, afirmou Araújo Melo.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.