Celebração católica

Comunidade católica de São Luís celebra Corpus Christi

Fiéis participaram de missa pela manhã e em seguida saíram em procissão sobre tapete, confeccionado pela comunidade; celebração começou às 6h
Leandro Santos / O Estado 04/06/2015 às 15h19
Comunidade durante confecção de tapete na avenida Beira-Mar, no Centro (Tapete Corpus Christi )

Durante a manhã desta quinta-feira, milhares de pessoas participaram da missa, realizada na Igreja de Nossa Senhora de Nazaré, no Cohatrac, para a celebração de Corpus Christi, uma das mais importantes do calendário católico. Logo depois da missa, os fiéis saíram em procissão sobre o tapete confeccionado pela comunidade, tradição essa que se estende por mais de 20 anos.

A celebração começou por volta das 6h. A tradicional missa solene de Corpus Christi reuniu centenas de pessoas de toda a cidade que celebraram Eucaristia, o sacramento do Corpo e Sangue de Jesus Cristo.

Durante a missa, a comunidade católica rezava com fervor e devoção. As pessoas presentes entoaram cânticos e louvores, realizando todo um ritual com mensagens relacionadas à paz, ao amor e à fraternidade no mundo.

De acordo com o padre Flávio Colins, padre da Igreja de Nossa Senhora de Nazaré, Corpus Christi para a comunidade católica representa a celebração do Corpo e Sangue de Jesus Cristo que se faz presente e alimenta a sociedade.

“Corpus Christi é a celebração do dom da Eucaristia que Jesus Cristo nos deixou quando celebrou a última ceia e disse: Esse é o meu Corpo e meu Sangue, tomai e comei, tomai e bebei. Cristo se fez alimento e desta maneira está presente de maneira viva e ressuscitada na Igreja”, disse o padre

Como parte das tradições da Igreja Católica, logo após a realização da missa solene na igreja, os fiéis saíram em procissão pela Avenida Leste Oeste, principal via de acesso ao Cohatrac, caminhado sobre o tapete confeccionado pela comunidade. A procissão representa o momento máximo e um dos mais aguardados dessa celebração de Copus Christi.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte