Capacitação

Vítimas de violência doméstica concluem cursos de empreendedorismo no Maranhão

O curso contou com oficinas profissionalizantes sobre empreendedorismo social e geração de pequenos negócios. 

Imirante.com, com informações da CGJ-MA

A 2ª Vara da Comarca de Zé Doca fez a cerimônia de entrega dos certificados de participação às mulheres e voluntários do sistema de Justiça.
A 2ª Vara da Comarca de Zé Doca fez a cerimônia de entrega dos certificados de participação às mulheres e voluntários do sistema de Justiça. (Divulgação / CGJ-MA)

ZÉ DOCA - Quarenta mulheres vítimas de violência doméstica beneficiadas pelo Projeto “Elas por Elas Empreendedoras”, com a qualificação em cursos profissionalizantes oferecidos por meio de parceria institucional entre o Judiciário e sociedade local, foram diplomadas em cerimônia na última quinta-feira (12). 
 
A 2ª Vara da Comarca de Zé Doca fez a cerimônia de entrega dos certificados de participação às mulheres e voluntários do sistema de Justiça e empresários que colaboraram com as ações realizadas no período de 14 a 18 de março, que participaram dos cursos e oficinas profissionalizantes sobre empreendedorismo social e geração de pequenos negócios. 
 
O evento foi realizado pela juíza Leoneide Delfina Barros Amorim, titular da vara e coordenadora do projeto, com a participação do desembargador Cleones Cunha, coordenador da Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica (Cemulher), do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ-MA).
 
A juíza informou que a cerimônia marcou o encerramento da primeira fase do projeto - básica - que seguirá em julho, com a etapa intermediária, em julho, e a avançada, em setembro, quando deverão ser restabelecidas as parcerias e pactuados novos apoiadores. “A ideia é elevar a autoestima dessas mulheres, e ainda capacitar, com uma possível fonte de renda extra, as mulheres com filhos, para que possam trabalhar em casa, em profissões que estão em alta no mercado, com bastante procura, com baixos recursos para começar”, disse, satisfeita com os resultados do projeto.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.