Homicídio

Preso suspeito de matar o padrasto dentro de bar na cidade de São Vicente de Férrer

O crime aconteceu na noite da última segunda-feira (17). A vítima foi o idoso Miguel Castro Diniz, de 73 anos, que era padrasto de Ailton Pinheiro e morreu ao tentar impedir que o enteado matasse um desafeto.

Imirante.com, com informações da Polícia Civil

- Atualizada em 27/03/2022 às 11h03
Ailton teria ido ao local armado com um facão com a intenção de matar seu desafeto, mas na hora que tentou golpear José Raimundo, Ailton acabou ferindo o padrasto Miguel Castro, que foi a óbito.
Ailton teria ido ao local armado com um facão com a intenção de matar seu desafeto, mas na hora que tentou golpear José Raimundo, Ailton acabou ferindo o padrasto Miguel Castro, que foi a óbito. (Foto: Reprodução/Internet.)

SÃO VICENTE DE FÉRRER - Nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira(19), a Polícia Civil do Maranhão deu cumprimento ao mandado de prisão temporária contra um homem, identificado como Ailton Pinheiro, suspeito de ter assassinado o próprio padrasto, de 73 anos de idade, com um golpe de facão.

O crime aconteceu na noite da última segunda-feira (17), na cidade de São Vicente de Ferrer. A vítima foi o idoso Miguel Castro Diniz, que era padrasto de Ailton Pinheiro.

Relembre o caso: Idoso é morto com golpe de facão em São Vicente Férrer; enteado é suspeito do crime

Segundo a polícia, o crime aconteceu por volta das 18h30, quando Miguel Castro estava no bar, na companhia de um homem identificado como José Raimundo Almeida, de 41 anos. Miguel e José Raimundo foram surpreendidos por Ailton Pinheiro, que tinha uma rixa com José Raimundo.

Ailton teria ido ao local armado com um facão com a intenção de matar seu desafeto, mas na hora que tentou golpear José Raimundo, Ailton acabou ferindo o padrasto Miguel Castro.

O idoso foi atingido com um profundo golpe de facão na altura do tórax e morreu antes de chegar no hospital. José Raimundo também foi golpeado no braço, mas não corre risco de morte. Após o crime, Ailton Pinheiro fugiu do local.

Segundo os levantamentos policiais, a vítima estava apenas tentando separar uma briga quando teve sua vida ceifada. Ainda segundo com a polícia, Ailton Pinheiro é considerado de alta periculosidade, pois que já responde por outras duas tentativas de homicídio (uma delas contra o próprio irmão), por crimes de porte e posse de arma de fogo e ameaça contra sua própria mãe.

O preso foi apresentado na delegacia da cidade e, após os procedimentos de praxe, ele foi encaminhado a uma unidade prisional da região, onde ficará à disposição da Justiça.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.