(Divulgação)

COLUNA

Estado Maior
Notas sobre a política local, regional e nacional.
Estado Maior

Vetos são instrumento mais usado por Braide contra vereadores

Prefeito de São Luís ganhou a fama entre os parlamentares como o gestor que mais vetou propostas e emendas de vereadores nas últimas duas décadas.

Ipolítica

Prefeito Eduardo Braide vetou até proposta que pede transparência nas contratações de obras públicas
Prefeito Eduardo Braide vetou até proposta que pede transparência nas contratações de obras públicas (Reprodução TV Mirante)

SÃO LUÍS - Os vereadores de São Luís vão votar nesta segunda-feira, 11, uma série de vetos do prefeito Eduardo Braide (PSD) que trancam a pauta da Câmara Municipal. Os vetos são a propostas dos parlamentares que vão desde transparência sobre a arrecadação do IPTU até estabelecimento de pontos de cultura na capital.

Com mais estes vetos, o prefeito acabou ganhando a fama de o gestor municipal de São Luís que mais vetou proposta dos vereadores. A fama vem sendo difundida pelos próprios parlamentares.

E fama realmente não é à toa. Braide veta quase sempre todas as emendas parlamentares que são colocadas à projetos da Prefeitura de São Luís. Foi assim com o texto do Plano Diretor, foi assim com propostas como a do reajuste dos servidores e o rateio do Fundef. 

O prefeito de São Luís chega até vetar as emendas dos vereadores para depois enviar um novo projeto incluindo no texto aquilo que os parlamentares já haviam feito. 

Eduardo Braide já vetou também até uma proposta que obriga a Prefeitura a ser mais transparente. O vereador do PDT, Pavão Filho, apresentou um projeto de lei para que a gestão municipal fizesse o que já existe em lei: colocar placas nas obras identificando valores, prazos de execução e nome da empresa que está fazendo a obra.

O prefeito não quis a lei e vetou. Ele quer manter o padrão de obras como a do Hospital da Criança, que ninguém sabe que empresa fez a obra e nem quanto custou. O que se sabe é que foi uma obra longa e que causou muitos transtornos.

E um detalhe a mais: se os vereadores derrubam o veto, o prefeito vai a Justiça para derrubar a decisão da maioria dos vereadores. Braide tem se dado bem, muito bem no Judiciário. 

As opiniões, crenças e posicionamentos expostos em artigos e/ou textos de opinião não representam a posição do Imirante.com. A responsabilidade pelas publicações destes restringe-se aos respectivos autores.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram, TikTok e canal no Whatsapp. Curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.