Viagem interrompida

Ferryboat José Humberto fica à deriva durante travessia até São Luís

De acordo com a responsável pelo ferry, houve uma intercorrência técnica no módulo eletrônico das máquinas de propulsão nesse domingo.

Imirante.com

- Atualizada em 16/10/2023 às 09h42
Ferryboat José Humberto apresentou intercorrência técnica nesse domingo.
Ferryboat José Humberto apresentou intercorrência técnica nesse domingo. (Foto: Reprodução)

SÃO LUÍS - Passageiros que viajavam no ferryboat José Humberto do Terminal do Cujupe para a Ponta da Espera, em São Luís, nesse domingo (15), enfrentaram transtornos por causa de um problema na embarcação.

A travessia se iniciou às 17h50, mas a embarcação acabou ficando à deriva. De acordo com a operadora Banav, responsável pelo ferry José Humberto, houve uma intercorrência técnica no módulo eletrônico das máquinas de propulsão quando o ferry se aproximava do Terminal Ponta da Espera.

Foi necessário um reboque para que a viagem pudesse ser concluída. A previsão é que o ferry José Humberto volte a operar nesta terça-feira (17).

Leia a nota da Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emapa) na íntegra:

“A Empresa Maranhense de Administração Portuária (EMAP) informa que, segundo a operadora Banav, responsável pela embarcação, o ferry José Humberto enfrentou uma intercorrência técnica no módulo eletrônico de suas máquinas de propulsão enquanto se aproximava do Terminal Ponta da Espera. Em resposta a essa situação, a empresa informou ainda que tomou medidas para assegurar a continuidade da viagem, envolvendo a ativação de um rebocador para que o percurso fosse concluído com segurança. A previsão é de que a embarcação seja reintegrada ao sistema na terça-feira, 17 de outubro”.
 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram, TikTok e canal no Whatsapp. Curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.